…we walked in the Grand Canyon!

…caminhámos no Grand Canyon! (we walked in the Grand Canyon)!

…já lá vão uns anos, um companheiro nosso, também combatente da maldita guerra de guerrilha, que lá vivemos na então Guiné Portuguesa, naquela África, onde entre outros fenómenos, a terra é vermelha, o sol queima e a chuva afoga-nos, havia pântanos com milhões de mosquitos desejosos de nos morder, minas, fornilhos e emboscadas e, na zona de combate, se vivia com um desespero constante de mêdo e angústia!. (for a few years, our companion, also a fighter of the damned guerrilla war, who lived there in the then Portuguese Guinea, in Africa, where among other phenomena, the earth is red, the sun burns and the rain drowns, there were marshes with millions of mosquitoes desirous of biting us, mines, fodder and ambushes, and in the zone of combat one lived with a constant despair of fear and anguish)!.

… o nosso companheiro, que tem a nossa idade, portanto já com mais de três quartos de século de vida, dizia-nos estes simples, mas muito verdadeiros provérbios:

1 – Apesar dos nossos próprios problemas,
     existe uma felicidade tremenda em fazer os outros felizes!

2 – A dor partilhada é metade da tristeza,
      mas a felicidade, quando partilhada, é dobrada!

3 – Se te queres sentir rico, conta todas as coisas que tens dentro de ti,
      pois o dinheiro não as pode comprar!

4 – O dia de hoje é uma dádiva,
      por isso é que o chamam de presente!

… our companion, who is our age, therefore with more than three-quarters of a century of life, we were told these simple but very true proverbs:

1 – Despite our own problems,
     there is tremendous happiness in making others happy!.

2 – Shared pain is half the sadness,
      but happiness, when shared, is doubled!.

3 – If you want to feel rich, count all the things that you have inside you,
       because money can not buy them!.

4 – Today is a gift,
      that’s why they call it a gift!

…sim é verdade, o dia de hoje é um presente, por isso é que queremos compartilhar com todos, alguns momentos mais alegres da nossa existência e, por acaso ainda podendo caminhar, mover-nos, sem muitas dores, na companhia da nossa esposa Isaura, que nos vai fazendo companhia, também caminhando, movendo-se, sem muitas dores e, entre outras coisas, alimentando-nos com uma dieta saudável possível, compatível com o nosso estado financeiro, que como devem de compreender, tem que ser muito controlado, mas vamos em frente, cá vai a “aventura” de hoje!. (yes it is true, today is a gift, that is why we want to share with all, some more joyful moments of our existence and, by chance, still walking, moving without much pain in the company of our wife Isaura, who keeps us company, also walking, moving, without much pain and, among other things, feeding us with a healthy diet possible, compatible with our financial state, which, as you must understand, must be very controlled, but let’s go, here goes the “adventure” of today)!.

…já alguns anos que andávamos com a ideia de ver esta maravilha, que é considerada uma das sete maravilhas naturais do mundo, já a tínhamos sobrevoado por diversas vezes, a caminho do oeste, mas nunca por lá caminhámos e, agora com todo o tempo disponível que a vida de uma pessoa na nossa idade proporciona, fomos de visita ao “Grand Canyon”!. Aquilo é como se fosse uma “zona montanhosa”, mas ao contrário, cá em cima é plano, mesmo plano, depois são os “moldes” das montanhas, metidos nas aberturas da terra, desfiladeiros que vão até às profundezas do rio Colorado!. (will some years now walked with the idea of seeing this marvel, which is considered one of the seven natural wonders of the world, had already flown several times on the way towest, but never there walked, and now with all available time that the life of a person at our age provides, we visit the “Grand Canyon”. It is like a “mountain area”, but rather up here is flat,same plane, then are the “mold” of the mountains, put into the earth openings, canyons leading down to the depths of the Colorado River)!.

…tínhamos dormido na cidade de Flagstaff, onde dizem que por volta do ano de 1855, um tal Tenente Edward Fitzgerald Beale, que fazia a pesquisa para uma nova estrada desde o Rio Grande, no estado do Novo México, até Fort Tejon, no estado da Califórnia, acampou por aqui e, um dia disse aos seus homens:

– cortem um pinheiro “Ponderosa”, comprido e fino, coloquem lá no cimo uma bandeira dos USA a tremular!

…pronto, foi o início, depois veio um senhor de nome Thomas F. McMillan, que devia de ser de descendência escocesa, construiu umas barracas em madeira, um pouco a leste daquele acampamento, nos anos seguintes o lugar começou a crescer, abriu o primeiro “Post Office”, onde se podia tratar de tudo relacionado com a fixação de pessoas na zona, e passado uns anos já tinha uma pequena indústria de componentes para o caminho de ferro, principalmente traves de madeira para os carris. Por volta de 1886, a cidade de Flagstaff, já era a maior e mais importante cidade do caminho de ferro, entre Albuquerque e a costa oeste dos USA. Anos depois passou a ser um lugar turístico ideal para se parar, pois fazia parte da popular “Route 66”, e também pela sua proximidade ao “Grand Canyon National Park”!. (we slept in the city of Flagstaff, where they say that by the year 1855, a certain Lieutenant Edward Fitzgerald Beale, who was doing research for a new road from the Rio Grande in New Mexico, to Fort Tejon in the state of California, camped here, and one day said to his men:

– cut a “Ponderosa” pine, long and thin, place a USA flag at the top to flutter!

There, it was the beginning, then came a name of lord Thomas F. McMillan, who was to be of Scottish descent, built a barracks in wood, a bit east of that camp in the following years the place began to grow, opened the first “Post Office” where one could handle everything related with fixing people in the area, and after a few years had a small component industry for the railway, mainly wooden beams for the rail. Around 1886, the city of Flagstaff, it was the largest and most important railway town, between Albuquerque and the West Coast of the USA. Years later became an ideal tourist place to stop because it was part of the popular “Route 66”, and also for its proximity to the “Grand Canyon National Park”)!.

…deixámos esta simpática cidade pela manhã, ainda muito cedo, tomando a estrada número 40, até à cidade de Williams, que é uma importante cidade de onde saem os comboios, alguns ainda a vapor, e que fazem parte da “Grand Canyon Railway”, e que leva as pessoas até ao “Grand Canyon Village”. Não parámos, tomámos a estrada número 64, em direcção ao norte, que nos levou até à entrada do “Grand Canyon National Park”!. (we left this charming town in the morning, too early, taking the road number 40, to the town of Williams, which is an important city from where trains, some even a vapor, that are part of the “Grand Canyon Railway” and that leads people to the “Grand Canyon Village.” We did not stop, we took the road number 64, towards the north, which took us to the entrance to the “Grand Canyon National Park”)!.

…aqui, depois visitarmos o posto de boas-vindas, de nos informarmos de como proceder para melhor observarmos toda a beleza do Grand Canyon, estacionámos o carro e percorremos, caminhando ou nos autocarros que sempre rolam em ambos os sentidos ao longo do “North Rim”, vimos paisagens que não são possíveis de descrever, ficámos paralisados, e não querendo sair daquele maravilhoso lugar. Como já dissemos, é considerada uma das sete maravilhas naturais do mundo, tudo o que se diga, já foi dito, aquele silêncio, os nosso olhar perde-se no infinito, o pensamento vai para milhões de anos de história da natureza, como foi possível este cenário!. Qualquer lugar em que a nossa mente se concentre é um quadro pintado maravilhoso, onde quer que se pare, fica-se deslumbrado, não querendo abandonar o local. Dizem que este lugar é um vale que foi moldado pelo rio Colorado durante milhares de anos, à medida que suas águas percorriam o leito, aprofundando-o ao longo de 446 km. Chega a medir entre 6 e 29 km de largura e atinge profundidades da ordem de 1600 metros, onde muitos aventureiros vão, uns caminhando, outros montados em “simpáticos burros”, que descem por um labirinto de carreiros, túneis, pontes estreitas, onde só pode passar uma pessoa ou um “simpático burro”, de cada vez!. (here, then visit the welcome desk, to inform ourselves of how to best observe the beauty of the Grand Canyon, park the car and go through, walking or on buses that always roll in both directions along the “North Rim” we saw landscapes that are impossible to describe, we were paralyzed, and not wanting to leave this wonderful place. As we said, it is considered one of the seven natural wonders of the world, everything that is said, has been said, the silence, the our gaze is lost in the infinite, the thinking goes for millions of years of history of nature, as possible this scenario. Wherever our mind focus is a wonderful painting, wherever they stop, one is dazzled, not wanting to leave the site. They say this place is a valley that has been shaped by the Colorado River for thousands of years, as its waters roamed the bed, deepening the over 446 km. Measures up to 6 to 29 km wide and reaches the order depths of 1600 meters, where many adventurers will, some walking, others mounted on “friendly donkeys” who go down by paths maze, tunnels, narrow bridges, where only you can pass one person or a “dumb friendly” each time)!.

…como gostamos de “caminhadas”, fomos perguntar pormenores e, informaram-nos de que, para ir de “simpático burro”, havia que registar-se, aproximadamente, com um ano de antecedência, ou então inscrever-se na lista de desistências!. Talvez assim nos chamassem em poucos meses!. Se optasse por ir caminhando, teria, na nossa idade e para nossa segurança, de deixar um depósito de aproximadamente três mil dólares, para no caso de ser necessária a evacuação num helicóptero!. Não havendo um “simpático burro” disponível, “somos burros”, mas não tanto, desistimos da “caminhada” lá ao fundo!. (as we like to “hike”, we went to ask for details and they informed us that, in order to go as a “nice donkey”, one had to register about a year in advance, or to sign up for the drop-off list! . Maybe that’s what they called us in a few months! If you chose to go walking, you would have, at our age and for our safety, to leave a deposit of approximately three thousand dollars, in case it is necessary to evacuate in a helicopter!. Not having a “nice ass” available, “we are stupid”, but not so much, we gave up the “walk” in the background)!

…enfim, continuando com a aventura, são cerca de 2 bilhões de anos da história geológica da terra foram expostos pelo rio, à medida que este e os seus afluentes vão expondo camada após camada de sedimentos e, o primeiro estrangeiro a visitar o Grand Canyon foi o espanhol Garcia Lopez de Cardenas em 1540, porém a primeira expedição científica ao desfiladeiro foi dirigida pelo Major John Wesley Powell, no final da década de 1870 e referiu-se às rochas sedimentares expostas no desfiladeiro como “páginas de um belo livro de histórias”!. No entanto, a área era já ocupada por nativos americanos que estabeleciam povoados ao longo do desfiladeiro, como os “hopi”!. (anyway, continuing the adventure, are about 2 billion years of geological history of the earth have been exposed by the river, as it and its tributaries will exposing layer after layer of sediment and, the first foreigner to visit the Grand Canyon was the Spaniard Garcia Lopez de Cardenas in 1540, but the first scientific expedition to the canyon was led by Major John Wesley Powell in the late 1870s and referred to the exposed sedimentary rocks in the gorge as “pages of a beautiful book of stories.” However, the area was occupied by Native Americans who established settlements along the canyon as “Hopi”)!.

…era quase meio dia, quando deixámos este maravilhoso cenário, que é considerado uma das sete maravilhas naturais do mundo e um ponto turístico visitado por milhares de turistas anualmente, gerando receitas para as cidades e populações ribeirinhas ao desfiladeiro, pois o Grand Canyon tem cerca de 126.025,00 metros e fica localizado entre as cidades de Las Vegas e Albuquerque!. (it was almost noon, when we left this wonderful setting, which is considered one of the seven natural wonders of the world and tourist attraction visited by thousands of tourists each year, generating revenues to cities and coastal communities to the gorge, because the Grand Canyon is about 126,025.00 meters, and is located between the cities of Las Vegas and Albuquerque)!.

…informaram-nos que a parte oeste do Grand Canyon também era maravilhosa, embora ficasse a umas centenas de milhas. Decidimos ir ver, depois de regressar à estrada 64, tomando de novo a estrada número 40, em direcção ao oeste, por uma zona ainda não habitada, onde andámos por mais de uma centena de milhas, sem qualquer posto de gasolina ou qualquer outro apoio, o que é um pouco raro, numa das seis ou sete auto-estradas que atravessam os USA de este a oeste, depois a estrada 93, em direcção ao norte, em seguida uma estrada de terra batida, fazendo algum pó, onde andámos por mais de duas horas, por entre desfiladeiros, planícies, curvas apertadas, alguns animais vadios e, finalmente um “Rancho”, onde se podia dormir e comer. Mais à frente havia uma aldeia de nativos, os “Hualapai”, onde funciona um centro de boas-vindas, com toda a informação!. (informed us that the western part of the Grand Canyon was also wonderful, although it was a few hundred miles. We decided to go see, after returning to the road 64, taking again the road number 40, towards the west, by a not yet inhabited area where we walked for over a hundred miles without any gas station or any other support, which is somewhat rare in one of six or seven highways crossing the USA from east to west, then the road 93 towards the north, then a dirt road, making a powder, where walked more than two hours, through gorges, plains, tight corners, some stray animals and, finally , a “Ranch” where one could sleep and eat. Up ahead there was a village of natives, “Hualapai”, which runs a center of welcome, with all the information)!.

…a paisagem era a mesma, mas mais selvagem, sem grades de protecção ou qualquer sinalização, aqui, fomos ao fundo do Canyon de helicóptero!. (the landscape was the same but wilder, without protection grilles or any signaling, here we went to helicopter Canyon floor)!.

…andamos de barco no rio Colorado, tocámos na água, fria e com alguma areia, uma corrente suave em alguns locais, pois em outros era forte, arrastando areia e alguma ramagem, vimos as aldeias de nativos e o seu modo de sobrevivência, visitámos o “Grand Canyon Skywalk”, que é uma plataforma em forma de ferradura, construída em vidro transparente, onde se pode caminhar, e ver numa distância em sentido vertical entre 500 a 800 pés de altura!. (walk by boat on the Colorado River, we played in the water, cold and with some sand, a gentle current in some places because other was strong, dragging sand and some branches, saw the villages of natives and their way of survival, we visited the “Grand Canyon Skywalk”, which is a platform horseshoe-shaped, built in transparent glass, where you can walk and see a distance vertically between 500 to 800 feet tall)!.

..era já quase noite quando regressamos ao “Rancho”, mas ainda a tempo de entre outras coisas, comer “cobras grelhadas”, dormir em cabanas, tal como os nossos antepassados dormiam há muitos anos, depois de andar a cavalo, ouvir canções de cowboys, dançar e beber cerveja à temperatura ambiental, em redor de uma enorme fogueira!. (It was almost dark when we return to the “Rancho”, but still in time to among other things, eat “grilled snakes”, sleeping in tents, just like our ancestors slept for many years, after riding the horse, hear songs from cowboys , dance and drink beer at ambient temperature, around a huge bonfire)!.

Tony Borie, December 2017.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s