…Natal 2020!. (…Christmas 2020)!.

…Natal 2020!. (…Christmas 2020)!.

…hoje o consumismo desenfreado, tornou esta época numa época de consumo, onde se trocam prendas de coisas que não se vão usar talvez nunca, todavia é bonito, é gentil, é prova de amizade, amor e confiança nas pessoas, quase uma trégua dos momentos árduos da vida cotodiana, porque é Natal e quase tudo se perdoa!. 

(…rampant consumerism today has made this time a time of consumption, where gifts are exchanged for things that will not be used perhaps nevertheless, it is beautiful, it is kind, it is proof of friendship, love and trust in people, almost a respite from the arduous moments of everyday life, because it is Christmas and almost everything is forgiven)!.

…infelizmente, com o aparecimento da maldita pandemia Coronavírus19, as famílias e os amigos não se juntam, não se abraçam, não se riem, mas comovem-se e algumas lágrimas aparecem, e claro, são forçadas a adiar os planos, talvez para futuras reuniões!.

(…unfortunately, with the appearance of the damned pandemic Coronavirus19, families and friends do not get together, do not hug, do not laugh, but are moved and some tears appear, and of course, they are forced to postpone the plans, perhaps for future meetings)!.

…todavia, como começou o Natal?. Alguns historiadores dizem-nos que, o meio do inverno sempre foi uma época de comemoração em todo o mundo!. Porquê?. Porque mesmo muitos séculos antes da chegada de um  homem chamado Jesus de Nazaré, os primeiros povos europeus celebravam a luz e o nascimento nos dias mais sombrios do inverno!. Muitos povos  regozijaram durante o solstício de inverno, quando o pior desse mesmo inverno havia ficado para trás e podiam esperar dias mais longos e horas de sol mais prolongadas!.

(…however, how did Christmas start?. Some historians tell us that the middle of winter has always been a time of celebration around the world!. Why?. Because even many centuries before the arrival of a man named Jesus of Nazareth, the first European peoples celebrated light and birth in the darkest days of winter!. Many people rejoiced during the winter solstice, when the worst of that winter had been left behind and could wait longer days and longer hours of sunshine)!.

…praticamente, todos os estudiosos da antiguidade concordam que Jesus existiu historicamente, embora a busca pelo Jesus de Nazaré, tenha gerado alguma incerteza se como o Jesus retratado na Bíblia reflete o tal Jesus histórico, que quando crianças, nas aulas de catequese, nos ensinaram!.

(…practically, all the scholars of antiquity agree that Jesus existed historically, although the search for the Jesus of Nazareth, generated some uncertainty if how the Jesus portrayed in the Bible reflects that historical Jesus, who as children, in catechesis classes, taught us)!.

…esse era o Jesus de Nazaré, um judeu galileu, que foi batizado por João Batista começando o seu próprio ministério, pregando muito bem e era frequentemente referido como um “rabino”, fazendo milagres, curando doentes, ensinando em parábolas e reunindo muitos seguidores!. 

(…this was Jesus of Nazareth, a Galilean Jew, who was baptized by John the Baptist beginning his own ministry, preaching very well and was often referred to as a “rabbi”, performing miracles, by healing the sick, teaching in parables and gathering many followers)!.

…depois, foi preso e julgado pelas autoridades judaicas, entregue ao governo romano e crucificado por ordem de Pôncio Pilatos!. Após a sua morte, os seus seguidores acreditaram que ele ressuscitou, e a comunidade que eles formaram eventualmente tornou-se numa Igreja!.

(…then he was arrested and tried by the Jewish authorities, handed over to the Roman government and crucified by order of Pontius Pilate!. After his death, his followers believed that he was resurrected, and the community they formed eventually became a Church)!.

…resumindo! As doutrinas cristãs incluem a crença de que Jesus foi concebido pelo Espírito Santo, nasceu de uma virgem chamada Maria, realizou milagres, fundou a Igreja Cristã, morreu por crucificação como um sacrifício para obter expiação pelo pecado, ressuscitou dos mortos e ascendeu ao Céu, de onde ele vai voltar!. Tudo bem!. Mas onde, e em que dia nasceu?. 

(…summing up!. Christian doctrines include the belief that Jesus was conceived by the Holy Spirit, was born of a virgin named Mary, performed miracles, founded the Christian Church, died by crucifixion as a sacrifice to obtain atonement for sin, rose from the dead and ascended to Heaven, from where he will return!. It’s all right!. But where, and on what day were you born)?.

…na Escandinávia, por exemplo, os nórdicos celebraram o seu Natal de 21 de Dezembro, até Janeiro, em reconhecimento ao retorno do sol, onde os pais e filhos traziam para casa grandes toros de madeira, que colocavam no fogo, festejando até a lenha se queimar, o que poderia levar até 12 dias, acreditando que cada faísca do fogo representava um novo porco ou bezerro que nasceria durante o ano seguinte!.

(…in Scandinavia, for example, the Nordics celebrated their Christmas from December 21, until January, in recognition of the return of the sun, where parents and children brought home large logs, which they put on the fire, even celebrating the firewood burns, which could take up to 12 days, believing that each spark of fire represented a new pig or calf that would be born during the following year)!.

…tal como quase toda a Europa, o final de Dezembro era um momento perfeito para comemorar, porque naquela época do ano, a maioria dos bovinos era abatida para que não precisassem ser alimentados durante o inverno!. Para muitos, era a única época do ano em que tinham suprimento de carne fresca, e além disso, a maior parte do vinho e da cerveja produzidos durante o ano estavam finalmente fermentados e prontos para beber!.

(…like almost all of Europe, the end of December was a perfect time to celebrate, because at that time of year, most cattle were slaughtered so that they did not need to be fed during the winter!. For many, it was the only time of year when they had a supply of fresh meat, and moreover, most of the wine and beer produced during the year was finally fermented and ready to drink)!.

…tudo isto são histórias que ficaram algures escritas mas, o Natal é realmente o dia em que Jesus nasceu?. Das nossas pesquisas, alguma coisa importante aconteceu nos primeiros anos do Cristianismo, onde a Páscoa era o feriado principal e mais importante e, não mencionavam nem celebravam o nascimento de Jesus!. 

(…these are all stories that were written somewhere but, is Christmas really the day Jesus was borne?. From our research, something important happened in the early years of Christianity, where Easter was the main and most important holiday and they did not mention or celebrate the birth of Jesus)!.

…um quarto de século depois, os oficiais da igreja decidiram instituir o nascimento de Jesus como um feriado, no entanto, a Bíblia não menciona a data de seu nascimento, embora algumas evidências sugiram que o seu nascimento pode ter ocorrido na primavera, porque os pastores não pastoreavam os seus rebanhos no meio do inverno!.

(…a quarter of a century later, church officials decided to institute the birth of Jesus as a holiday, however, the Bible does not mention the date of his birth, although some evidence suggests that his birth may have occurred in the spring, because the shepherds didn’t graze their flocks in the middle of winter)!.

…como tal, o Papa Júlio I escolheu 25 de Dezembro!. Acredita-se assim que a igreja escolheu esta data num esforço para adoptar e absorver as tradições de um festival pagão, chamado pela primeira vez de Festa da Natividade, e claro, o costume espalhou-se para o Egito e mais tarde para a Inglaterra e alguma parte da Europa!.

(…as such, Pope Julius I chose December 25th!. It is therefore believed that the church chose this date in an effort to adopt and absorb the traditions of a pagan festival, first called the Feast of the Nativity, and of course, the custom spread to Egypt and later to England and some part of Europe)!.

…alguns séculos depois, a celebração do Natal espalhou-se até à Escandinávia e, hoje nas igrejas ortodoxas grega e russa, o Natal é celebrado de 13 a 14 dias após o dia 25!. Isso tudo se compreende,  porque as igrejas ocidentais usam o calendário gregoriano, enquanto as igrejas orientais usam o calendário juliano, que está 13 a 14 dias atrás do calendário gregoriano!. 

(…a few centuries later, the celebration of Christmas spread to Scandinavia and, today in the Greek and Russian Orthodox churches, Christmas is celebrated 13 to 14 days after the 25th!. This is all understandable, because Western churches use the Gregorian calendar, while Eastern churches use the Julian calendar, which is 13 to 14 days behind the Gregorian calendar)!.

…continuando um pouco mais, ambas as igrejas ocidentais e orientais celebram a Epifania ou o Dia dos Três Reis Magos, 12 dias após seus respectivos Natais, acreditando-se que este é o dia em que os Três Reis Magos finalmente encontraram Jesus na manjedoura, tal como nos explicaram nas aulas de catequese, quando crianças!.

(…continuing a little longer, both western and eastern churches celebrate Epiphany or the Day of the Three Wise Men, 12 days after their respective Christmases, believing that this is the day when the Three Wise Men finally met Jesus in manger, as they explained to us in catechesis classes, as children)!.

…mas voltando um pouco mais para trás, na Idade Média, o cristianismo substituiu em grande parte a religião pagã e, no Natal, os crentes iam à igreja e, em seguida, celebravam ruidosamente numa atmosfera de carnaval, semelhante ao “Mardi Gras” de hoje, que se celebra periódicamente, sobretudo na cidade de Nova Orleãs, no estado de Louisiana, a que também já assistimos por diversas vezes!. 

(…but going back a bit further, in the Middle Ages, Christianity largely replaced the pagan religion and, at Christmas, believers went to church and then celebrated loudly in a carnival atmosphere, similar to “Mardi Gras” today, which is celebrated periodically, especially in the city of New Orleans, in the state of Louisiana, which we have also seen several times)!.

…e, nessa época, a cada ano um mendigo era coroado o “senhor da desgraça”, e os celebrantes ansiosos desempenhavam o papel dos seus súditos, onde os pobres iam às casas dos ricos e exigiam a sua melhor comida e bebida e, se os proprietários não obedecessem, os mendigos  visitantes, provavelmente aterrorizariam com as suas travessuras, tornando assim o Natal uma época do ano em que as classes altas podiam pagar a sua “dívida” real ou imaginária, para com a sociedade, entretendo os cidadãos menos afortunados e famintos!.

(…and, at that time, each year a beggar was crowned the “lord of disgrace”, and anxious celebrants played the role of their subjects, where the poor went to the homes of the rich and demanded their best food and drink and , if the owners did not obey, the visiting beggars would probably be terrified of their antics, thus making Christmas a time of year when the upper classes could pay their real or imagined “debt” to society, entertaining the citizens less fortunate and hungry)!.

…e quem inventou o Pai Natal?. Acredita-se que a lenda do Pai Natal, remonta a um monge chamado São Nicolau, que nasceu na Turquia por volta do ano de 280 DC, que deu toda a sua riqueza herdada e viajou pelo campo ajudando os pobres e doentes, tornando-se conhecido como o protector de crianças e marinheiros!. Também se acredita que São Nicolau entrou pela primeira vez na cultura popular no final do século 18 em Nova York, quando famílias holandesas se reuniram para homenagear o aniversário da morte de “Sint Nikolaas”, em holandês para São Nicolau, ou “Sinter Klaas”, talvez uma abreviatura de “Pai Natal”!. 

(…and who invented Santa Claus?. It is believed that the legend of Father Christmas, goes back to a monk named Saint Nicholas, who was born in Turkey around 280 AD, who gave all his inherited wealth and traveled through the countryside helping the poor and sick, becoming known as the protector of children and sailors!. It is also believed that Saint Nicholas first entered popular culture in the late 18th century in New York, when Dutch families gathered to honor the anniversary of the death of “Sint Nikolaas”, in Dutch for Saint Nicholas, or “Sinter Klaas”, perhaps an abbreviation for “Father Christmas”)!.

…de uma maneira ou de outra, os festejos de Natal espalharam-se por todo o mundo!. Na América do Sul e Central, as tradições religiosas e seculares são únicas e marcam a celebração do Natal!. No México, nos dias que antecedem o Natal, a busca de Maria e José por um lugar para ficar é reconstituída e, as crianças tentam quebrar uma “pinhata” cheia de brinquedos e doces!. O Natal é uma grande festa de verão no Brasil, incluindo piqueniques, fogos de artifício e outras festividades, bem como uma procissão solene de padres à igreja para celebrar a missa da meia-noite!.

(…in one way or another, Christmas celebrations have spread all over the world!. In South and Central America, religious and secular traditions are unique and mark the celebration of Christmas!. In Mexico, in the days leading up to Christmas, Maria and José’s search for a place to stay is reconstituted and, the children try to break a “piñata” full of toys and sweets!. Christmas is a big summer party in Brazil, including picnics, fireworks and other festivities, as well as a solemn procession of priests to the church to celebrate the midnight mass)!.

…em algumas partes da Índia, a árvore de Natal é substituída pela árvore de manga ou bambu, e as casas são decoradas com folhas de manga e estrelas de papel. No Japão serve como ilustração de um tipo diferente, porque neste país predominantemente Shinto e budista, os aspectos seculares do feriado, como as árvores e decorações de Natal, até mesmo o canto de canções de Natal como “Rudolph, a Rena do Nariz Vermelho” ou “Natal Branco”, são amplamente mais observados em vez dos aspectos religiosos!.

(…in some parts of India, the Christmas tree is replaced by the mango or bamboo tree, and the houses are decorated with mango leaves and paper stars!. In Japan it serves as an illustration of a different kind, because in this predominantly Shinto and Buddhist country, the secular aspects of the holiday, such as Christmas trees and decorations, even the singing of Christmas songs like “Rudolph, the Red-Nosed Reindeer” or “White Christmas”, are widely observed instead of the religious aspects)!.

…ou no estado do Alaska, apenas a 20 minutos da cidade de Fairbanks, onde encontramos a pequenina cidade de Pólo Norte, onde existe o Natal todo o ano!. Realizam-se desfiles, existem postes com motivos de Natal pintados nas ruas, a Casa do Pai Natal, que não é mais do que um armazém geral de fronteira, que inclui renas vivas, um café, itens para presentes de Natal, a maior estátua do Pai Natal do mundo, ou o edifício dos correios, que se transformou numa loja de férias onde a tradição continua viva e, as cartas para o Pai Natal são seladas do Pólo Norte e carimbadas com um selo oficial do “Pai Natal”!.

(…or in the state of Alaska, just 20 minutes from the city of Fairbanks, where we find the tiny town of North Pole, where there is Christmas all year round!. Parades take place, there are poles with Christmas motifs painted on the streets, the Father Christmas House, which is nothing more than a general border store, which includes live reindeers, a café, items for Christmas gifts, the largest statue of the world’s Santa Claus, or the post office building, which has become a holiday shop where tradition continues to live, and letters to Santa Claus are sealed from the North Pole and stamped with an official “Santa Claus” stamp)!.

…e, tal como aconteceu quando de uma das nossas visitas, podemos solicitar o envio de uma carta para os nossos netos, onde cada carta inclui uma nota em papel de carta, inalterada desde o ano de 1960, um dólar do Pai Natal, uma foto do Pai Natal e um auto-colante dizendo “Estou na Boa Lista do Pai Natal”!. E mais, podemos até comprar a escritura de uma polegada quadrada da cidade Pólo Norte, tornando-nos proprietários residentes nesta bonita e pequena cidade de Pólo Norte!.

(…and, as happened during one of our visits, we can request that a letter be sent to our grandchildren, where each letter includes a note on stationery, unchanged since 1960, a dollar from Santa Claus , a photo of Santa Claus and a sticker saying “I’m on Santa’s Good List”!. What’s more, we can even purchase the one-inch square deed of the North Pole city, becoming owners of this beautiful, small North Pole city)!.

…este ano de 2020, com o aparecimento da maldita pandemia Coronavírus19, a  tradição de celebrar o Natal como uma festa secular, pelo menos em família é quase impossível, temos que nos limitar às tecnologias modernas e ver-nos pela internet, ou enviando cartões ilustrados, ou ouvindo canções de Natal, quase não havendo troca de presentes, nem a realização de serviços religiosos, que demonstravam uma ilustração impressionante de como os costumes sociais influenciam as práticas litúrgicas!.

(…this year of 2020, with the appearance of the damned pandemic Coronavirus19, the tradition of celebrating Christmas as a secular party, at least as a family is almost impossible, we have to limit ourselves to modern technologies and see ourselves on the internet, or sending illustrated cards, or listening to Christmas songs, there was almost no exchange of gifts, nor the performance of religious services, which showed an impressive illustration of how social customs influence liturgical practices)!.

…porque hoje, com a chegada desta maldita pandemia, somos todos frágeis e iguais, tentando equilibrar e salvar o nosso mundo natural, no entanto e neste momento, talvez seremos única e simplesmente uns simples viajantes do tempo sem destino, uns pedintes, uns vendedores ambulantes, uns gajos dos carrocéis, umas prostitutas infelizes e abandonadas pela sociedade, uns chulos de unhas pintadas cor de rosa, uns operários no desemprego, uns banqueiros gananciosos, uns políticos mentirosos, uns intelectuais, uns revolucionários, umas pessoas comuns, umas donas de casa ou mães desesperadas, sem dinheiro ou bens para alimentar os seus filhos, uns cantores pimba, umas pessoas inteligentes ou menos inteligentes, uns esquerdistas que vão à missa para ficarem bem na comunidade onde vivem ou na fotografia, uns “bota faladura” da televisão, enfim, somos uma fila interminável, onde vivemos todos num lamaçal, parecendo autênticas ratazanas usando máscara, lavando as mãos frequentemente, desviando-nos uns dos outros, navegando num barco à deriva, que está quase a afundar-se!. Oxalá que não!.  

(…because today, with the arrival of this damn pandemic, we are all fragile and equal, trying to balance and save our natural world, however and at this moment, perhaps we will be simply and simply time travelers with no destination, beggars, some street vendors, some carousel dudes, some unhappy and abandoned prostitutes by society, some pink-nailed pimps, some unemployed workers, some greedy bankers, some lying politicians, some intellectuals, some revolutionaries, some ordinary people, some desperate housewives or mothers, with no money or goods to feed their children, some pimba singers, some intelligent or less intelligent people, some leftists who go to mass to look good in the community where they live or in the photo, some “booties” of television, in short, we are an endless line, where we all live in a mire, looking like real rats wearing a mask, washing their hands often, turning us away each other, sailing on a drifting boat, which is about to sink!. I hope not)!.

…e, é neste momento que regressamos ao sítio de onde nunca partimos, pois sentimos tantas saudades do Natal de outros tempos, onde não havia consumismo, nem dinheiro, nem consolas, nem ipads ou telemóveis, ou mesmo cartões de jogos electrónicos, para colocar junto da árvore de Natal, mas havia muitos afectos, muita harmonia, a música daquela época era outra, as luzes não eram tão brilhantes, porque eram as das estrelas que se viam no céu, mas eram muito bonitas!. 

(…and, it is at this moment that we return to the place we never left, because we miss Christmas so much in the past, where there was no consumerism, no money, no consoles, no ipads or cell phones, or even electronic game cards, to put next to the Christmas tree, but there were many affections, a lot of harmony, the music of that time was different, the lights were not so bright, because they were those of the stars that were seen in the sky, but they were very beautiful)!.

…sentimos saudades daquela nossa gente, da fantasia de crianças que  ansiavam por esta quadra, sem as correrias das compras atrasadas, porque ainda tem que haver tempo para mostrar as luzes aos meninos!. Saudades do silêncio da nossa aldeia lá na Europa, na vertente agreste da Montanha do Caramulo, onde a crosta terrestre, lentamente começava a ser plana, flutuando por perto as zonas ribeirinhas do Rio Águeda, fazendo-nos pensar que para nós, o Natal de hoje, não é nada do que acima descrevemos!. 

(…we miss those people of ours, the fantasy of children who yearned for this block, without the rush of late purchases, because there still has time to show the lights to the boys!. I miss the silence of our village there in Europe, on the rugged side of the Caramulo Mountain, where the earth’s crust slowly began to be flat, floating around the riverside areas of the Águeda River, making us think that for us, Christmas today, it is nothing like what we described above)!.

…o nosso Natal, está bem defendido, está arrumado lá no fundo do coração, é a família e os amigos, que representam os “bons-bons” de chocolate de 1 tostão, embrulhados em pratas azuis, amarelas e vermelhas, que pela manhã encontrávamos na chaminé negra de inverno, (e nos diziam que foi o Pai Natal que os trouxe), o cheiro das fogueiras, o escuro da nossa terra de criança, sem luz eléctrica, o pinheiro verde e viçoso cortado nas terras altas do pinhal, as brincadeiras de rua, os vizinhos, tal como nós, pobres e descalços, o presépio na igreja da vila, e a bondade do coração, que agora é rara, ou está quase extinta!.

(…our Christmas, it is well defended, it is arranged in the depths of our hearts, it is family and friends, who represent the “good ones” of 1 cent chocolate, wrapped in blue, yellow and red silver, which in the morning we found in the black winter chimney, (and we were told that it was Father Christmas who brought them), the smell of the fires, the darkness of our childhood land, without electricity, the green and lush pine cut in the highlands of the pine forest, street games, neighbors, like us, poor and barefoot, the nativity scene in the village church, and the kindness of heart, which is now rare, or almost extinct)!.

…tenham todos um bom Natal!. (…have a good Christmas everyone)!.

Tony Borie, Século XXI. (Tony Borie, 21st Century).

2 thoughts on “…Natal 2020!. (…Christmas 2020)!.

  1. É NATAL! Aproveito para desejar do mesmo modo, aos amigos Borie e seus familiares, um Santo e Feliz Natal! Gostei do texto, tudo está conforme o que a igreja católica nos ensinou, mas, as dúvidas, as datas, essas ainda hoje se encontram por esclarecer, no entanto, como bons católicos que somos, vamos perdoando-nos uns aos outros nesta quadra Natalícia! Grande abraço

  2. Caro Tony Um grande abraço com votos de um SANTO E FELIZ NATAL, com um 2021 cheio de coisas boas, especialmente saude, para toda a tua bonita familia.

    Tony Borie – Pieces of my life escreveu no dia sábado, 19/12/2020 à(s) 08:31:

    > tonisaborie posted: ” …Natal 2020!. (…Christmas 2020)!. …hoje o > consumismo desenfreado, tornou esta época numa época de consumo, onde se > trocam prendas de coisas que não se vão usar talvez nunca, todavia é > bonito, é gentil, é prova de amizade, amor e confiança nas pes” >

Leave a Reply to Fernando Pedro Cancel reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s