…we walked on the beach!.

…caminhámos na praia!. (We walked on the beach)!.

…estamos no final do mês de Setembro, os dias de muito calor já lá vão!. Caminhando devagar, fomos ver a praia, ver a cor da água salgada que se enrola, formando pequenas ondas que deslizam até às dunas de areia, por ocasião da maré cheia!. O céu azul, onde a coreografia de algumas nuvens brancas, que encobrem o sol no horizonte, proporcionam um cenário, digno de um quadro pintado por um qualquer artista famoso, que quer demonstrar que ainda existe “natureza”, alguma selvagem, onde as aves de arribação, que começam a deslocar-se para sul, fazem deste maravilhoso local, que é a entrada no continente do Rio Matanzas, num dos sítios mais deslumbrantes e naturais da costa Atlântica, no estado da Flórida!. (It’s the end of September, the hot days are already there!. Walking slowly, we went to see the beach, to see the color of the salt water that curls, forming small waves that slide to the sand dunes, at the time of the full tide!. The blue sky, where the choreography of some white clouds that cover the sun on the horizon, provide a backdrop, worthy of a picture painted by any famous artist, who wants to demonstrate that there is still “nature”, some wild, where birds which begin to move south, make this wonderful place, which is the entrance to the mainland of the Matanzas River, in one of the most stunning and natural sites of the Atlantic coast in the state of Florida)!.

…o nome da praia, para muitas pessoas não é lá muito bonito!. Chama-se Matanzas?. Matanzas, é uma área onde desagua o Rio Matanzas, cuja entrada não é estabilizada por molhes e, o governo federal, não deixa fazer obras, colocar pedras ou fazer molhes de protecção, por tal, a configuração da praia e sua área, modifica-se conforme as tempestades tropicais por aqui passam, formando pequenos lagos, outras vezes extensos areais, outras vezes derrubando árvores que, por aqui ficam segurando as dunas de areia, cujas raíses voltam a florescer, criando uma vegetação que poderá viver por anos, ou só até à próxima tempestade tropical!. (The name of the beach, for many people there is not very beautiful!. It is called Matanzas?. Matanzas, is an area where the Matanzas River flows, whose entrance is not stabilized by piers, and the federal government does not allow to do works, to put rocks or to make protection piers, for such, the configuration of the beach and its area, as the tropical storms pass here, forming small lakes, sometimes extensive beaches, sometimes knocking down trees that here are holding the sand dunes, whose roots return to bloom, creating a vegetation that can live for years, or only until the next tropical storm)!.

…está sempre sujeita a mudanças e, como exemplo, existem mapas históricos feitos por militares espanhóis no século XVIII, que nos mostram que a enseada hoje se deslocou muitas centenas de metros para sul, do que era a sua localização durante a época do Império Espanhol!. (Is always subject to change and, as an example, there are historical maps made by Spanish military in the 18th century, which show us that the cove today has moved many hundreds of meters south, of what was its location during the time of the Spanish Empire)!.

…os corredores e escadas de ascesso à praia, são constantemente destruídos pelos fortes ventos e ondas gigantes durante as tempestades tropicais, no entando, são reconstruídos de novo, no mínimo espaço de tempo possível!. (Corridors and stairs to the beach, are constantly destroyed by the strong winds and giant waves during the tropical storms, however, they are rebuilt again, in the least amount of time possible)!.

…já o explicámos em textos anteriores, mas nunca é demais lembrar que a história nos diz que exploradores franceses fundaram Forte Caroline, no que é hoje a cidade de Jacksonville, por volta do ano de 1564, como refúgio para os colonos “Huguenotes”. Em resposta à invasão francesa sobre aquilo que a Espanha considerava como seu território, um tal Pedro Menéndez de Avilés, fundou a cidade de Santo Agostinho no ano seguinte!. Sentindo-se preparado para combate, Menéndez de Avilés, rápidamente atacou Forte Caroline, viajando por terra!. Ao mesmo tempo, os franceses pensando o mesmo, navegaram, pretendendo atacar Santo Agostinho por mar!. Os espanhóis dominaram o pouco defendido Forte Caroline, poupando apenas as mulheres e crianças, enquanto os franceses, fustigados por uma enorme tempestade, naufragaram os seus navios na costa de Santo Agostinho!. Quando os espanhóis encontraram os sobreviventes que iam dando à praia, executaram-nos, atravessando-os com uma espada junto das dunas!. A localização dessas dunas, tornaram-se conhecidas como “Matanzas”, que no idioma espanhol quer dizer mais ou menos “abates”!. (We have already explained it in previous texts, but it is never too much to remember that history tells us that French explorers founded Fort Caroline in what is today the city of Jacksonville, around 1564, as a refuge for the settlers “Huguenots “. In response to the French invasion of what Spain considered as its territory, a certain Pedro Menéndez de Avilés founded the city of St. Augustine the following year! Feeling ready for combat, Menéndez de Avilés quickly attacked Fort Caroline, traveling by land!. At the same time, the French thinking the same, sailed, intending to attack Saint Augustine by sea!. The Spaniards dominated the little-defended Fort Caroline, sparing only the women and children, while the French, whipped by a great storm, shipwrecked their ships on the coast of St. Augustine!. When the Spaniards found the survivors who were giving to the beach, they executed them, crossing them with a sword next to the dunes!. The location of these dunes, have become known as “Matanzas”, which in the Spanish language means more or less “slaughter”)!.

…por ocasião da maré alta a área fica diferente, fomos caminhando, umas vezes dentro d’água, outras pela areia, passando por baixo da ponte, entrando na parte que é designada por Matanzas Inlet, que é um canal entre duas ilhas barreira e o continente, ligando o Oceano Atlântico e o extremo sul do Rio Matanzas, que é o paraíso das aves selvagens, principalmente os Terns, (Andorinhas do mar), que são umas aves de habitats abertos que normalmente se reproduzem em colónias barulhentas e depositam os seus ovos em solo nú ou com pouco ou nenhum material de ninho!. Alguns constroem ninhos flutuantes, com a vegetação que por ali existe, outros em arbustos ou escondidas em penhascos ou fendas!. Voam junto a nós, sabem que são protegidos, são aves terrestres e de longa vida, livres de predadores e parasitas naturais!. (On the occasion of the high tide the area is different, we went walking, sometimes in the water, sometimes through the sand, passing under the bridge, entering the part that is called Matanzas Inlet, which is a channel between two islands and the continent, connecting the Atlantic Ocean and the southern end of the Matanzas River, which is the paradise of wild birds, especially the Terns, which are birds of open habitats that normally reproduce in noisy colonies and they lay their eggs on naked soil or with little or no nest material!. Some build floating nests, with the vegetation that exists there, others in shrubs or hidden in cliffs or cracks !. They fly with us, they know they are protected, they are land birds and long-lived, free of natural predators and parasites)!.

…são aves marinhas, pertencentes a um grupo que inclui gaivotas e escumadeiras, com asas estreitas e pernas relativamente curtas, a maioria das espécies é cinza pálido em cima e branco por baixo, com uma touca preta constantemente na cabeça!. (Are seabirds, belonging to a group that includes seagulls and skimmers, with narrow wings and relatively short legs, most species are pale gray on top and white underneath, with a black cap constantly on the head)!.

…nesta ocasião a área está quase submersa, obrigando-nos a contornar as partes inundadas, mas faz parte do nosso roteiro, até que chegamos quase junto ao Forte de Matanzas, onde por volta do ano de 1740, uma força de invasão britânica de Forte Frederica, na Geórgia, bloqueou nesta entrada, o acesso mais meridional para viagens de barco entre Santo Agostinho e Havana, Cuba!. Contudo durou pouco tempo, pois dois anos depois, as autoridades espanholas, usando como mão de obra, condenados, escravos e tropas de Cuba, erigiu uma torre de pedra coquina de 15 metros quadrados, por 9,1 metros de altura, agora chamada Forte Matanzas, na actual Ilha de Rattlesnake, ficando assim com uma posição de comando, sobre a enseada de Matanzas, salvaguardando esta entrada estratégica!. (On this occasion the area is almost submerged, forcing us to get around the flooded parts, but it is part of our itinerary, until we arrived almost next to the Fort of Matanzas, where around the year 1740, a British invasion force of Fort Frederica, Georgia, blocked at this entrance, the southernmost access for boat trips between St. Augustine and Havana, Cuba !. However, it lasted only a short time, for two years later, the Spanish authorities, using as labor, condemned, slaves and troops from Cuba, erected a 15-square-meter, 9.1-meter-tall coquina stone tower now called Fort Matanzas, in the current Rattlesnake Island, thus having a position of command, on the cove of Matanzas, safeguarding this strategic entry)!.

…a água estava quente, mesmo fora do normal, sinal de que qualquer tempestade tropical se está a aproximar, no entanto regressámos a casa, enxarcados em água salgada, mas contentes por ainda estar-mos vivos e andar-mos por aqui!. (The water was warm, even out of the ordinary, a sign that any tropical storm is approaching, but we returned home, laden with salt water, but glad we were still alive and walking here)!.

Tony Borie, September 2018.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s