…ainda temos papel higiénico!. (We still have toilet paper)!.

Tony Borie - "Pieces of my life"

…ainda temos papel higiénico, vulgo “papel pr’ó cú”!.(We still have toilet paper, commonly, “paper to clean the ass”)!.

…olá, olá, olá, já saímos à rua!. Andámos na volta da casa, cortando a relva!. Os cães da vizinha ladraram-nos! Não sabemos se era felicitando-nos ou repreendendo-nos por andar-mos lá fora!. (Hello, hello, hello, we are already out on the street!. We walked around the house, cutting the grass!. The neighbor’s dogs barked us!. We don’t know if it was congratulating us or scolding us for walking outside!.

…é um problema dos humanos, que não compreendem a linguagem dos animais, tão pouco da natureza, que às vezes se revolta… claro, contra os humanos!. (It is a problem of humans, who do not understand the language of animals, so little of nature, that sometimes revolts… of course, against humans)!.

…mais uma semana passou!. Ainda andamos por cá!. Do quarto para a sala…

View original post 763 more words

…ainda temos papel higiénico!. (We still have toilet paper)!.

…ainda temos papel higiénico, vulgo “papel pr’ó cú”!. (We still have toilet paper, commonly, “paper to clean the ass”)!.

…olá, olá, olá, já saímos à rua!. Andámos na volta da casa, cortando a relva!. Os cães da vizinha ladraram-nos! Não sabemos se era felicitando-nos ou repreendendo-nos por andar-mos lá fora!. (Hello, hello, hello, we are already out on the street!. We walked around the house, cutting the grass!. The neighbor’s dogs barked us!. We don’t know if it was congratulating us or scolding us for walking outside!.

…é um problema dos humanos, que não compreendem a linguagem dos animais, tão pouco da natureza, que às vezes se revolta… claro, contra os humanos!. (It is a problem of humans, who do not understand the language of animals, so little of nature, that sometimes revolts… of course, against humans)!.

…mais uma semana passou!. Ainda andamos por cá!. Do quarto para a sala, da sala para a cozinha, da cozinha pr’á janela e da janela para o quarto de banho e, felizmente ainda não se acabou o papel higiénico, a que os idosos, principalmente nas aldeias chamam de, “papel pr’ó cú”, como está sucedendo em muitos estabelecimentos!. (Another week has passed!. We are still here!. From the bedroom to the living room, from the living room to the kitchen, from the kitchen to the window and from the window to the bathroom and, thankfully, the toilet paper, which the elderly, especially in the villages call, “paper to clean the ass”, as is happening in many establishments)!.

…confinados neste ambiente de clausura, tentamos procurar algo que nos desanuvie a memória, ou seja, libertar-nos do que causa sensação ou sentimento negativo, ou até mesmo de alguma opressão, pois os meios de comunicação, mesmo fora do “the six o’clock news”, não param de nos massacrar com notícias de última hora, que na verdade não são de última hora, dizendo que, houve tantas pessoas que se foram, houve tantas que estão quase a se irem,… “Coronavírus19”, isto e aquilo, o céu está escuro e vai chover,… “Coronavírus19”, isto e aquilo, um polícia foi ferido ao socorrer a vítima de um assalto,… “Coronavírus19”, isto e aquilo, um velho foi assaltado e espancado,… “Coronavírus19”, isto e aquilo, um sem abrigo apareceu morto ao frio e à fome,… “Coronavírus19”, isto e aquilo… nunca dizendo que nasceram tantas crianças e tantas ainda andam por aí, que existem jardins com flores, rios e riachos de água cristalina, o sol a nascer todos os dias e, sobretudo crianças inocentes e felizes, brincando!. (Confined in this cloistered environment, we try to look for something that clears our memory, that is, to free ourselves from what causes a negative feeling or feeling, or even some oppression, because the media, even outside “the six o’clock news”, do not stop slaughtering us with breaking news, which in fact is not breaking news, saying that, there were so many people who left, there were so many who are almost gone,…“Coronavirus19”, this and that, the sky is dark and it is going to rain,… “Coronavirus19”, this and that, a policeman was injured when helping the victim of an assault,… “Coronavirus19”, this and that, an old man was assaulted and beaten,… “Coronavirus19”, this and that, a homeless man appeared dead to cold and hunger,… “Coronavirus19”, this and that … never saying that so many children were born and so many still walk around, that there are gardens with flowers, rivers and streams of water crystal clear, the sun rising every days and, especially innocent and happy children, playing)!.

…enfim, é a guerra de audiências!. Quanto pior, melhor!. (In short, it is the war of audiences!. The worse, the better)!.

…ainda não estamos com aquele sentimento de vida que nos é normal, mostrando todas as semanas coisa novas e agradáveis, onde tentamos mostrar alguma experiência de anos e anos vividos, e claro, em muitas ocasiões, o lado menos mau da vida!. (We still do not have that normal feeling of life, showing new and pleasant things every week, where we try to show some experience of years and years lived, and of course, on many occasions, the less bad side of life)!.

…por tal, as mesmas palavras da semana que passou, repetem-se e, “cá vai a mesma frase, que talvez seja comum, pelo menos a alguns”, estamos aconselhados a estar fechados em casa, todavia, na nossa já longa idade, faz-nos sentir numa quase “depressão”, que afinal, se está a tornar num abaixamento de nível, num enfraquecimento, num abatimento, tanto físico como moral que, como acima já mencionámos, fechados em casa, nos faz viver numa zona de baixa pressão atmosférica, em torno da qual o vento não sopra, seja em que direcção for e, o único movimento que vimos à nossa volta, são os ponteiros do relógio!. (For this reason, the same words from the past week are repeated and, “here goes the same sentence, which may be common, at least to some”, we are advised to be closed at home, however, in our already long age, makes us feel almost “depressed”, which, after all, is becoming a lowering of level, a weakening, an abatement, both physical and moral that, as mentioned above, closed at home, makes us live in zone of low atmospheric pressure, around which the wind does not blow, in any direction and, the only movement that we saw around us, are the hands of the clock)!.

…até para a semana, talvez!. (See you next week, maybe)!.

Tony Borie, April 2010.

…olá, olá, olá! (Hello, hello, hello)!

…olá, olá, olá, mais uma semana passou e ainda andamos por cá!. (Hello, hello, hello, another week has passed and we are still here)!.

…esta frase dava entre outras para começar um poema mas, o tempo que vivemos e na nossa já um pouco avançada idade, todas as energias têm que ser utilizadas na sobrevivência!. (This phrase gave, among others, to start a poem but, the time we live and in our already a little old age, all energies have to be used in survival)!.

…tal como na semana que passou, continuamos fechados em casa, espreitando pela janela, vendo o vento soprar lá fora, o sol ou a chuva a acariciar a natureza, alguns pássaros voando, livres, sem a presença dos humanos, dessa espécie que os vai destruindo, tanto a eles como à natureza!. (Just like last week, we remain closed at home, peeking out the window, watching the wind blow outside, the sun or rain caressing nature, some birds flying, free, without the presence of humans, of this species that destroys them, both for them and for nature)!.

…parece-nos um pouco parecido com a vida de combatente, que vivemos por dois longos anos nas savanas e pântanos, no interior do continente Áfricano, sem qualquer contacto físico com a família ou com pessoas amigas, que tinham ficado na Europa!. (It seems a little like the life of a combatant, who lived for two long years in the savannas and swamps, in the interior of the African continent, without any physical contact with the family or with friends, who had stayed in Europe)!.

…às vezes pensamos que vivendo neste ambiente de clausura, ou seja de meditação, a sobrevivência torna-se bastante difícil mas, no fundo, no fundo, somos uns felizardos!. Porquê?. Porque abrimos a torneira e ainda sai água, na dispensa ainda lá vai havendo alguns géneros alimentícios e na cozinha o fogão ainda trabalha!. (Sometimes we think that living in this cloistered environment, that is to say meditation, survival becomes quite difficult but, deep down, deep down, we are fortunate!. Why?. Because we turned on the tap and there is still water, there are still some foodstuffs in the pantry and the stove still works in the kitchen)!.

…no entanto, milhares ou centenas de milhares de pessoas no mundo, vivem o mesmo fragelo que nós, mas com a diferença de não terem água corrente, e sem ela, é impensável sobreviver no meio de uma pandemia que é uma causa diária degradante, que força as pessoas a fazer escolhas impossíveis, colocando as comunidades em que vivem em risco, com casos que seriam evitáveis, pois neste momento as autoridades de saúde exaltam a lavagem das mãos, assim como o resto do corpo, como crucial para evitar esse maldito “Coronavirus19!. (However, thousands or hundreds of thousands of people in the world, live the same thing as us, but with the difference of not having running water, and without it, it is unthinkable to survive in the middle of a pandemic that is a daily cause degrading, which forces people to make impossible choices, putting communities where they live at risk, with cases that would be preventable, because at this moment health authorities praise hand washing, as well as the rest of the body, as crucial to avoid that damn “Coronavirus19)!.

…o pensamento nisto é degradante, além de todo o sofrimento que por aí vai, existe a possibilidade de milhares ou centenas de milhares de pessoas poderem estar passando por uma quarentena com ordens de ficar em casa que, infelizmente e como acima referenciámos, não têm água corrente, e o maldito “Coronavírus19” não é um conto de fadas, é verdadeiro, anda por aí, e nós, os seres humanos somos o seu elo de transmissão!. (Thinking about this is degrading, in addition to all the suffering that goes on, there is the possibility that thousands or hundreds of thousands of people may be undergoing quarantine with orders to stay at home that, unfortunately and as mentioned above, they don’t have running water, and the damn “Coronavirus19” isn’t a fairy tale, it’s true, it’s going around, and we humans are its transmission link)!.

…o nosso Presidente disse que o “pico” da pandemia já passou!. Por tal, vamos começar a descer a montanha, oxalá que sim e, já agora faço um convite para que me acompanhem na descida, numa jornada de vida, voando assim que seja possível, para a companhia da família e dos amigos, nem que estejam a centenas ou milhares de milhas de distância!. (Our President said that the “peak” of the pandemic is over!. So, let’s start going down the mountain, I hope so, and now I invite you to join me on the descent, on a life journey, flying as soon as possible, for the company of family and friends, even if they are hundreds or thousands of miles away)!.

…oxalá que sim, e tal como na semana que já passou, para nós, tudo continua na mesma, portanto “cá vai a mesma frase, que talvez seja comum, pelo menos a alguns”, estamos aconselhados a estar fechados em casa, todavia, na nossa já longa idade, faz-nos sentir numa quase “depressão”, que afinal, se está a tornar num abaixamento de nível, num enfraquecimento, num abatimento, tanto físico como moral que, como acima já mencionámos, fechados em casa, nos faz viver numa zona de baixa pressão atmosférica, em torno da qual o vento não sopra, seja em que direcção for e, o único movimento que vimos à nossa volta, são os ponteiros do relógio!. (I hope so, and just like in the past week, for us, everything remains the same, so “here goes the same sentence, which may be common, at least to some”, we are advised to be closed at home However, in our already long age, it makes us feel almost “depressed”, which, after all, is becoming a lowering of level, a weakening, a dejection, both physical and moral that, as mentioned above, closed in home, makes us live in an area of low atmospheric pressure, around which the wind does not blow, in any direction, and the only movement we saw around us are the hands of the clock)!.

…até para a semana, talvez!. (See you next week, maybe)!.

Tony Borie, April 2010!

…é Páscoa!. (it’s Easter)!.

…tal como na semana que passou, continuamos a dizer, uau, uau, uau, que alegria, continuamos vivos!. No entanto, não sabemos se é por horas ou dias!. Continuamos fechados em casa, espreitando pela janela, vendo o vento soprar lá fora, o sol ou a chuva a acariciar a natureza, alguns pássaros voando, livres, sem a presença dos humanos, dessa espécie que os vai destruindo, tanto a eles como à natureza!. (Just like last week, we keep saying, wow, wow, wow, what a joy, we are still alive !. However, we don’t know if it’s for hours or days !. We remain closed at home, peeking out the window, watching the wind blow outside, the sun or rain caressing nature, some birds flying, free, without the presence of humans, of this species that is destroying them, both for them and for the nature)!.

…esta semana é semana de Páscoa, e como tendo ocorrido, no Novo Testamento está descrito que é tempo de Páscoa, ou mais propriamente Domingo da Ressurreição, como um festival e feriado comemorativo da ressurreição de Jesus de entre os mortos!. Vamos telefonando à família lá no norte, aos amigos e aos conhecidos, falando, falando, desejando uma Páscoa feliz, mas no final da conversação o resultado é sempre o mesmo, “uma autêntica catástrofe”, pois acabamos sempre por dizer “cuida-te, pois isto está mau”!.(This week is Easter week, and as it happened, in the New Testament it is described that it is Easter time, or more properly Sunday of the Resurrection, as a festival and holiday commemorating the resurrection of Jesus from the dead !. We are calling the family in the north, friends and acquaintances, talking, talking, wishing a happy Easter, but at the end of the conversation the result is always the same, “an authentic catastrophe”, because we always end up saying take care, because this is bad”)!.

…continuando, dizem-nos que o presente momento é um ponto culminante da Paixão de Jesus, precedida pela Quaresma, um período de 40 dias de jejum, oração e penitência, coisa que vamos fazendo fechados em casa, claro, sem cumprir o jejum, porque a vontade de comer ainda vai acontecendo, e a nossa dedicada esposa Isaura, vai mantendo o fogão lá na cozinha… cozinhando, cozinhando!. (Continuing, we are told that the present moment is a culmination of the Passion of Jesus, preceded by Lent, a period of 40 days of fasting, prayer and penance, something that we are doing closed at home, of course, without fulfilling the fasting, because the urge to eat is still happening, and our dedicated wife Isaura keeps the stove in the kitchen … cooking, cooking)!.

…a maioria dos cristãos referem-se à semana antes da Páscoa como “Semana Santa”, que contém os dias do Tríduo Pascal, incluindo a Quinta-Feira Santa, em comemoração ao Domingo e à Última Ceia, e à Sexta-Feira Santa, comemorando a crucificação e a Páscoa, palavra que também nos dizem que representa uma festa solene dos hebreus, em memória da sua saída do Egipto, no entanto para os cristãos, é uma festa em memória da ressurreição de Jesus Cristo, e para nós, quando ainda crianças lá na Europa, era um tempo bom, onde apareciam as férias da Páscoa, que incluiam a caça aos ovos, o coelhinho da Páscoa e os desfiles e danças de terreiro!. (Most Christians refer to the week before Easter as “Holy Week”, which contains the Easter Triduum days, including Holy Thursday, in celebration of Sunday and the Last Supper, and Friday Holy, commemorating the crucifixion and Easter, a word that also tells us that it represents a solemn feast of the Hebrews, in memory of their departure from Egypt, however for Christians, it is a feast in memory of the resurrection of Jesus Christ, and for us , when they were still children there in Europe, it was a good time, when the Easter holidays appeared, which included the egg hunt, the Easter bunny and the parades and terreiro dances)!.

…podíamos continuar a explicar coisas da Páscoa, mas estamos aconselhados a estar fechados em casa, todavia, crucificações, mortes e ressurreições, na nossa já longa idade, faz-nos sentir numa quase “depressão”, que afinal, se está a tornar num abaixamento de nível, num enfraquecimento, num abatimento, tanto físico como moral que, como acima já mencionámos, fechados em casa, nos faz viver numa zona de baixa pressão atmosférica, em torno da qual o vento não sopra, seja em que direcção for e, o único movimento que vimos à nossa volta, são os ponteiros do relógio!. (We could continue to explain things about Easter, but we are advised to be closed at home, however, crucifixions, deaths and resurrections, in our already long age, makes us feel in an almost “depression”, which, after all, is being make it a lowering of level, a weakening, an abatement, both physical and moral that, as mentioned above, closed at home, makes us live in an area of low atmospheric pressure, around which the wind does not blow, in whatever direction for e, the only movement that we saw around us, are the hands of the clock)!.

…tenham uma boa Páscoa e, até para a semana!. Oxalá!. (Have a good Easter and see you next week!. I wish)!.

Tony Borie, April 2020.

…olá olá, ainda andamos por cá!. (…hello, hello, we’re still around)!.

…olá, olá, ainda andamos por cá!. (…hello, hello, we’re still around)!.

…uau, uau, uau, que alegria, continuamos vivos!. No entanto, não sabemos se é por horas ou dias!. Até parece que estas palavras rimam e, sem o notar, estamos um pouco “depressados”, fechados em casa, espreitando pela janela, vendo o vento soprar lá fora, o sol ou a chuva a acariciar a natureza, alguns pássaros voando, livres, sem a presença dos humanos, dessa espécie que os vai destruindo, tanto a eles como à natureza!. (Wow, wow, wow, what a joy, we are still alive!. However, we don’t know if it’s for hours or days!. It seems that these words rhyme and, without noticing it, we are a little “depressed”, closed at home, peeking out the window, watching the wind blow outside, the sun or the rain caressing nature, some birds flying, free, without the presence of humans, that species that destroys them, both for them and for nature)!.

…estamos aconselhados a estar fechados em casa, que na nossa já longa idade, nos faz sentir numa quase “depressão”, que afinal, se está a tornar num abaixamento de nível, num enfraquecimento, num abatimento, tanto físico como moral que, como acima já mencionámos, fechados em casa, nos faz viver numa zona de baixa pressão atmosférica, em torno da qual o vento não sopra, seja em que direcção for e, o único movimento que vimos à nossa volta, são os ponteiros do relógio!. (We are advised to be closed at home, which at an early age makes us feel almost “depressed”, which, after all, is becoming a lowering of the level, a weakening, an abatement, both physical and moral that, as mentioned above, closed at home, makes us live in an area of low atmospheric pressure, around which the wind does not blow, in any direction, and the only movement we saw around us are the hands of the clock)!

…ligamos a televisão, ou voltamos ao computador e estão lá as notícias, tal como uma catástrofe universal, o “Coronavírus’19”, anda por aí, já são tantos contaminados, desses tantos, alguns já se foram para sempre, já não é possível assistir ao funeral do pai, da mãe, do filho ou do irmão!.
(We turn on the television, or we go back to the computer and the news is there, just like a universal catastrophe, the “Coronavirus’19”, goes around, there are so many contaminated, of those so many, some are gone forever, already it is not possible to attend the funeral of the father, mother, son or brother)!.

…os mídia em geral, não estão compartilhando as histórias daqueles que tiveram o “Coronavírus’19” e sobreviveram a ele?. Porquê?. Isso talvez não nos ajudaria a entender melhor o que podemos esperar?. Com toda a certeza que sim!. Todavia, em vez disso, os mídia dizem-nos histórias sensacionalistas e baseadas no medo para chamar a nossa atenção, mencionando a todo o momento o número de mortos que vão acontecendo em todo o mundo, para terem audiências, para nos inspirarem o receio disto e daquilo, atormentando-nos mais ainda o horrível sintoma que já sentimos!. (The media in general, are not sharing the stories of those who had “Coronavirus’19” and survived it?. Why?. Wouldn’t that perhaps help us to better understand what we can expect?. Certainly yes!. However, instead, the media tell us sensationalist and fear-based stories to get our attention, mentioning at all times the number of deaths that are happening around the world, to have audiences, to inspire us with fear of this and that, tormenting us even more the horrible symptom that we already feel)!.

…nós, apesar dos anos já serem muitos, mas não importa a idade, queremos saber, se tivermos a infelicidade de contrair o maldito “Coroanvírus’19”, o que estamos sentindo?. Tivémos qualquer sintoma e melhorámos antes?. Quanto tempo tivémos isso?. Como é que se recupera?. O que nos vai ajudar?. Infelizmente, neste momento vivemos numa época de muito medo e incerteza que anda por aí, todavia, precisamos que mais informações sólidas fossem divulgadas, em vez de constantemente só nos darem preocupação e incerteza!. (We, despite the years are already many, but no matter the age, we want to know, if we have the misfortune to contract the damn “Coroanvirus’19”, what are we feeling?. Did we have any symptoms and have we improved before?. How long have we had that?. How do you recover?. What will help us?. Unfortunately, at this moment we live in a time of great fear and uncertainty that is out there, however, we need more solid information to be released, instead of constantly just giving us concern and uncertainty)!.

…nós fizemos algumas buscas, procurando informação e, do que encontrámos vamos compartilhar com todos vocês!. Por tal, aqueles que infelizmente estão infectados com o maldito “Coronavírus’19”, podem ter pouco ou nenhum sintoma, talvez até não saibam que possuiem sintomas, porque eles são semelhantes a um resfriado ou uma gripe!. (We did some searching, looking for information and, from what we found we will share with all of you !. Therefore, those who are unfortunately infected with the damn “Coronavirus’19”, may have little or no symptoms, they may not even know that they have symptoms, because they are similar to a cold or the flu)!.

…esses sintomas podem levar até 14 dias para aparecer após a exposição ao maldito “Coronavírus’19”, claro, pelo que dizem os entendidos neste assunto, este é o período infeccioso mais antigo conhecido para esta doença e, actualmente, estão investigando se o vírus pode ser transmitido a outras pessoas, se alguém não estiver apresentando os sintomas, embora os especialistas acreditem que isso seja possível, no entanto, é considerado menos comum!. (These symptoms can take up to 14 days to appear after exposure to the accursed “Coronavirus’19”, of course, according to experts on this subject, this is the oldest known infectious period for this disease and they are currently investigating whether the virus can be transmitted to other people, if someone is not showing symptoms, although experts believe this is possible, however, it is considered less common)!.

…agora vamos falar dos sintomas!. (Now let’s talk about the symptoms)!.

…podem surgir com febre, tosse, dificuldade ao respirar, e claro, pneumonia em ambos os pulmões!. Em casos graves, a infecção pode levar à morte, no entanto, se você tiver a infelicidade de ficar doente, se realmente, estiver apresentando estes sintomas do maldito “Coronavírus’19”, reduza imediatamente o seu contato com outras pessoas e isole-se em casa por um período de 14 dias, para evitar espalhá-lo para outras pessoas!. Se você mora com outras pessoas, fique numa sala separada ou a uma distância de 2 metros, visite um profissional de saúde ou ligue para a autoridade de saúde pública local, ligue antes para informar os seus sintomas e siga as instruções!. (May appear with fever, cough, difficulty breathing, and of course, pneumonia in both lungs !. In severe cases, the infection can lead to death, however, if you are unfortunate enough to get sick, if you really are showing these damn “Coronavirus’19” symptoms, immediately reduce your contact with other people and isolate yourself at home for a period of 14 days, to avoid spreading it to other people!. If you live with other people, stay in a separate room or at a distance of 2 meters, visit a health professional or call your local public health authority, call ahead to report your symptoms and follow the instructions)!.

…agora falamos do tratamento, ou seja, da recuperação!. (Now we talk about treatment, that is, recovery)!.

…a maioria das pessoas com doença leve do maldito “Coronavírus’19”, vai-se recuperando por conta própria, no entanto, se estiver preocupado com os seus sintomas, consulte o seu médico, que lhe pode recomendar etapas que você pode seguir para aliviar os sintomas!. A vacina, que podia ajudar prèviamente, neste momento ainda não há, ou quaisquer produtos naturais de saúde que estejam autorizados a tratar ou proteger contra este maldito “Coronavírus’19”!.(Most people with mild “Coronavirus’19” diseasewill recover on their own, however, if you are concerned about your symptoms, consult your doctor, who can recommend steps you can take follow to relieve symptoms !. The vaccine, which could help previously, at this time there is still no, or any natural health products that are authorized to treat or protect against this damn “Coronavirus’19”)!.

…tome também em atenção que, se você recebeu uma vacina contra a gripe, ela não vair proteger contra o maldito “Coronavírus’19”, que são uma grande família de vírus, onde lguns desses malditos vírus, causam doenças nas pessoas e outros causam doenças nos animais, e que os especialistas dizem que os coronavírus humanos são comuns e geralmente estão associados a doenças leves, semelhantes, como acima já referimos, a um resfriado comum!. (Also take note that if you received a flu vaccine, it will not protect against the damn “Coronavirus’19”, which are a large family of viruses, where some of those damned viruses cause disease in people and others cause disease in animals, and that experts say that human coronaviruses are common and are generally associated with mild illnesses, similar, as mentioned above, to a common cold)!.

…infelizmente, o maldito “Coronavírus’19”, é uma nova doença que não foi identificada anteriormente em seres humanos, pois raramente, os coronavírus animais podem infectar pessoas e, mais raramente, podem se espalhar de pessoa para pessoa através de contacto próximo!. Também nos informam que, até esta data, só houve outros 2 coronavírus específicos que se espalharam de animais para humanos e que causaram doenças graves em humanos, que são os Coronavírus da síndrome respiratória aguda grave, e os Coronavírus da síndrome respiratória do Oriente Médio!. (Unfortunately, the cursed “Coronavirus’19”, is a new disease that has not been previously identified in humans, as animal coronaviruses can rarely infect people and, more rarely, can spread from person to person through contact next!. They also inform us that, to date, there have only been 2 other specific coronaviruses that have spread from animals to humans and that have caused serious illnesses in humans, which are the Coronaviruses of the severe acute respiratory syndrome, and the Coronaviruses of the Middle East respiratory syndrome)!.

…como todos vamos sabendo o maldito “Coronavírus’19”, afectou muitas pessoas ao nosso redor, onde muitos eventos foram cancelados ou adiados, as empresas são e serão afetadas negativamente, os funcionários e suas famílias estão preocupados, pois alguns perderam o emprego mas, queremos acreditar, que tudo isso é temporário, todos melhoraremos, isso passará e a vida voltará ao normal novamente, fizemos isso com outras pestes malvadas, como a Ébola, um vírus, no entender dos especialistas, muito pior, e faremos isso também com este maldito “Coronavírus’19”, pois os seres humanos são resistentes e as nossas melhores qualidades, como as de cooperação e cuidado um com o outro, vai-nos ajudar a vencer mais esta guerra!. (As we are all aware of the damn “Coronavirus’19”, it affected many people around us, where many events were canceled or postponed, companies are and will be negatively affected, employees and their families are concerned, as some have lost their job, but we want to believe that all this is temporary, we will all get better, it will pass and life will return to normal again, we did it with other evil pests, like Ebola, a virus, according to experts, much worse, and we will do it also with this accursed “Coronavirus’19”, because human beings are resistant and our best qualities, such as those of cooperation and care for each other, will help us to win this war more)!.

…neste momento, além do maldito “Coronavírus’19”, existe outro “inimigo declarado”, este pelo menos dá a cara, que é e sempre foi o financial sistema em que vivemos, dizendo-nos atravéz de algumas pessoas com alguma influência, “para que a economia não sofra, gastem, não paguem agora a renda da casa, os encargos mensais da compra da casa, nós emprestamos mais, não existe qualquer problema em endividar as vossas vidas ainda mais, pois iremos cobrar mais tarde, (ou talvez despropriar-vos dos vossos bens materias, se então não poderem pagar), pois sem a vossa companhia como “parceiros escravos”, nós também não viveremos”!. (At this moment, in addition to the damn “Coronavirus’19”, there is another “declared enemy”, this one at least shows the face, which is and has always been the financial system in which we live, telling us through of some people with some influence, “so that the economy does not suffer, spend, do not pay the rent now, the monthly charges for buying the house, we lend more, there is no problem in indebting your lives even more, as we will charge later, (or maybe deprive you of your material goods, if then you cannot afford to pay), because without your company as “slave partners”, we will not live”)!.

…é esta a situação actual!. Alguns são honestos, tentando salvar a vida humana, trabalhando nos hospitais e casas de saúde, turnos seguidos, sem descanso, contraindo até a própria doença que combatem, outros contribuindo financeiramente sem esperar nada em troca, com esforço físico e ideias de auxílio, no entanto outros continuam a ser o que sempre foram, autênticos “abutres”, para quem o salvamento da vida humana pouco conta, o que interessa é o lucro financeiro, e no meio desta catástrofe, eles, tal como um qualquer ser indesejável, “chafurdam num lamaçal”, arranjando sempre um modo de aumentar os seus lucros!. (This is the current situation!. Some are honest, trying to save human life, working in hospitals and nursing homes, shifts in a row, without rest, contracting even the disease they fight, others contributing financially without expecting anything in return, with physical effort and ideas of help, however others remain what they always were, authentic “vultures”, for whom the saving of human life matters little, what matters is financial profit, and in the midst of this catastrophe, they, just like any other undesirable being, they “wallow in a mire”, always finding a way to increase their profits)!.

…enfim, nesta avançada idade, a nossa vida já pouco vai contribuir para um mundo melhor, mas francamente, fechados em casa, nós, amantes da natureza, francamente que é um pouco desconfortável e, não nos resta outra coisa do que andar por aqui, do quarto para a sala, da sala para o quarto de banho, e do quarto de banho para a janela, espreitando lá fora, onde o vento sopra nas flores do jardim, fazendo-as mover, ao contrário do que se passa dentro de casa, que o único movimento que vimos à nossa volta, são os ponteiros do relógio!. (In short, at this advanced age, our lives will no longer contribute to a better world, but frankly, closed at home, we nature lovers, frankly, it is a little uncomfortable, and we have nothing left but to walk around here, from the bedroom to the living room, from the living room to the bathroom, and from the bathroom to the window, peeking outside, where the wind blows on the flowers in the garden, making them move, contrary to what is happening inside the house, that the only movement we saw around us, are the hands of the clock)!.

Tony Borie, April 2020.