…ainda o Coronavírus19!. (…yet Coronavirus19)!.

…ainda o Coronavírus19!. (…yet Coronavirus19)!.

…entre outras, vivemos perante a ameaça de extinção da espécie humana!. Resultado, convivemos lado a lado com 2 diferentes mundos!. O do sofrimento e da perda de milhares de pessoas, e o outro, o bárbaro, que continua como se nada se estivesse a passar, o da economia, do consumismo, da rede de interesses, das grandes negociatas e privilégios, daqueles que freneticamente vivem com o objectivo de dada a situação da pandemia que presentemente se vive, comprar barato o que é caro, às vezes única e simplesmente para engordar o seu património!.

(…among others, we live before the threat of extinction of the human species!. Result, we live side by side with 2 different worlds!. That of the suffering and loss of thousands of people, and the other, the barbarian, which continues as if nothing is happening, that of the economy, consumerism, the network of interests, the great deals and privileges, of those who frantically live with the aim of given the situation of the pandemic that we are currently experiencing, buy cheap what is expensive, sometimes only and simply to fatten up your assets)!.

…pensando que talvez com essa atitude ficam mais fortes, imunes a esta possível catástrofe, que é o Coronavírus19, e claro, o seu respeito pelos seus semelhantes, incluindo os animais e a natureza em geral, é nulo!. Todavia, ao longo da história, pragas e epidemias ou surtos de doenças devastaram a humanidade ao longo de sua existência, às vezes mudando o curso da história e, até sinalizando o fim de civilizações inteiras!.

(…thinking that perhaps with this attitude they become stronger, immune to this possible catastrophe, which is the Coronavirus19, and of course, their respect for their fellowmen, including animals and nature in general, is null!. However, throughout of history, plagues and epidemics or outbreaks of disease devastated humanity throughout its existence, sometimes changing the course of history and even signaling the end of entire civilizations)!.

…nós, querendo mostrar o que a mãe natureza é quando se revolta, mencionamos apenas algumas das epidemias e pandemias, que datam da pré-história até aos tempos modernos!. Salientamos apenas algumas, leiam com atenção e meditem, embora este texto seja um pouco longo, cremos que vale a pena!.

(…we, wanting to show what mother nature is when she revolts, we mention only some of the epidemics and pandemics, which date from prehistory to modern times!. We highlight just a few, read carefully and meditate, although this text is a little long, we believe it is worth it)!.

…cerca de 5.000 anos atrás, uma epidemia destruiu uma aldeia pré-histórica na China, onde nenhuma faixa etária foi poupada, pois os esqueletos de jovens, adultos jovens e pessoas de meia-idade foram encontrados dentro de uma casa que mais tarde foi incendiada!.

(…about 5,000 years ago, an epidemic destroyed a prehistoric village in China, where no age group was spared, as the skeletons of young people, young adults and middle-aged people were found inside a house that later was set on fire)!.

…por volta de 430 a.C., não muito depois do início de uma guerra entre Atenas e Esparta, uma epidemia devastou o povo de Atenas, que durou cinco anos e, algumas estimativas indicam que o número de mortos chegou a 100.000 pessoas!. Um historiador deixou escrito que, “pessoas com boa saúde foram repentinamente atacadas por calores violentos na cabeça e vermelhidão e inflamação nos olhos, as partes internas, como garganta ou língua, tornando-se sangrento e emitindo um sopro não natural e fétido”, o que hoje se pense que houve forte possibilidades de serem atacadas pela febre tifóide ou a Ebola!.

(…around 430 B.C., not long after the start of a war between Athens and Sparta, an epidemic devastated the people of Athens, which lasted five years and, some estimates indicate that the death toll reached 100,000 people!. One historian left it written that, “people in good health were suddenly attacked by violent heat in the head and redness and inflammation in the eyes, the internal parts, such as throat or tongue, becoming bloody and emitting an unnatural and foul breath”, that today we think that there was a strong possibility of being attacked by typhoid fever or Ebola)!.

…ou a Peste de Antonina, que poderia ter começado e acabado num período de 27 a.C. a 180 d.C., quando Roma estava no auge de seu poderio, quando os soldados voltavam das campanhas para o Império Romano, trazendo consigo mais do que os espólios da vitória!. Traziam a Peste Antonina, que pode ter sido a varíola, devastando o seu exército, podendo ter matado mais de 5 milhões de pessoas, só no Império Romano!.

(…or the Plague of Antonina, which could have started and ended in a period from 27 BC to 180 AD, when Rome was at the height of its power, when soldiers returned from campaigns for the Roman Empire, bringing with them more than the loot of victory!. They brought the Plague Antonina, which may have been smallpox, devastating his army, and may have killed more than 5 million people in the Roman Empire alone)!.

…ou a Peste de Cipriano, por volta dos anos 250-271 d.C., com o nome de São Cipriano, um bispo de Cartago, uma cidade na Tunísia, que descreveu a epidemia como um sinal do fim do mundo, estimando-se que a Praga de Cipriano tenha matado 5.000 pessoas por dia só em Roma, e que ficou documentada como, “os intestinos, relaxados em um fluxo constante, descarregam a força corporal, num fogo originado na medula fermenta nas feridas das fauces (uma área da boca)”, tal como Cipriano deixou escrito em latim!.

(…or the Cyprian Plague, around AD 250-271, with the name of Saint Cyprian, a bishop of Carthage, a city in Tunisia, who described the epidemic as a sign of the end of the world, estimating himself that Cyprian’s Plague killed 5,000 people a day in Rome alone, and that it has been documented as, “the intestines, relaxed in a constant flow, discharge body mouth”, as Cipriano left written in Latin)!.

…ou a Peste de Justiniano, por volta dos anos 541-542 d.C., onde o Império Bizantino foi devastado pela peste bubônica, que marcou o início de seu declínio!. A praga reapareceu periodicamente depois, onde algumas estimativas sugerem que até 10% da população mundial morreu!.

(…or the Justinian Plague, around AD 541-542, where the Byzantine Empire was devastated by the bubonic plague, which marked the beginning of its decline!. The plague reappeared periodically afterwards, where some estimates suggest that up to 10% of the world’s population has died)!.

…ou a Peste Negra, já mais recente, nos anos de 1346-1353, que viajou da Ásia para a Europa, deixando devastação no seu rastro, onde algumas estimativas sugerem que eliminou mais da metade da população da Europa!. Foi causada por uma cepa da bactéria Yersinia pestis, que provavelmente está extinta hoje e, foi disseminada por pulgas em roedores infectados!.

(…or the Black Death, more recent, in the years 1346-1353, which traveled from Asia to Europe, leaving devastation in its wake, where some estimates suggest that it eliminated more than half the population of Europe!. It was caused by a strain of the bacterium Yersinia pestis, which is probably extinct today and was spread by fleas in infected rodents)!.

…ou a Epidemia de Cocoliztli, por volta dos anos de 1545-1548, que era uma infecção em forma de febre hemorrágica viral, que matou 15 milhões de habitantes no México e na América Central, entre uma população já enfraquecida pela seca extrema, onde a doença se mostrou totalmente catastrófica. “Cocoliztli” é a palavra asteca para “praga”!.

(…or the Cocoliztli Epidemic, around the years 1545-1548, which was an infection in the form of viral hemorrhagic fever, which killed 15 million inhabitants in Mexico and Central America, among a population already weakened by the extreme drought , where the disease proved to be totally catastrophic. “Cocoliztli” is the Aztec word for “plague”)!.

…ou as Pragas Americanas do século 16, que foram um agrupamento de doenças da Eurásia, trazidas para as Américas por exploradores Europeus!. Essas doenças, incluindo a varíola, contribuíram para o colapso das civilizações Inca e Asteca, onde algumas estimativas sugerem que 90% da população indígena do Hemisfério Ocidental foi morta!.

(…or the American Plagues of the 16th century, which were a group of diseases from Eurasia, brought to the Americas by European explorers!. These diseases, including smallpox, contributed to the collapse of the Inca and Aztec civilizations, where some estimates suggest that 90% of the indigenous population in the Western Hemisphere was killed)!.

…estas doenças ajudaram uma força espanhola liderada por Hernán Cortés a conquistar a capital Asteca de Tenochtitlán, por volta do ano de 1519 e outra força espanhola liderada por Francisco Pizarro a conquistar os incas em 1532!. Os espanhóis conquistaram os territórios de ambos os impérios e em ambos os casos, os exércitos Asteca e Inca foram devastados por doenças e não conseguiram resistir às forças espanholas!. E claro, anos depois, quando colonizadores da Grã-Bretanha, França, Portugal ou Holanda começaram a explorar, conquistar e colonizar o hemisfério ocidental, foram ajudados pelo fato de que a doença havia reduzido enormemente o tamanho de quaisquer grupos indígenas que se opusessem a eles, no entanto, isso é outra história!.

(…these diseases helped a Spanish force led by Hernán Cortés to conquer the Aztec capital of Tenochtitlán, around the year 1519 and another Spanish force led by Francisco Pizarro to conquer the Incas in 1532!. The Spaniards conquered the territories of both empires and in both cases, the Aztec and Inca armies were devastated by disease and were unable to resist Spanish forces!. And of course, years later, when colonists from Britain, France, Portugal or the Netherlands began to explore, conquer and colonize the western hemisphere, they were helped by the fact that the disease had greatly reduced the size of any indigenous groups that opposed it. they, however, this is another story)!.

…ou a Grande Peste de Londres, por volta dos anos de 1665-1666, também conhecida como a Peste Negra na Grã-Bretanha, que causou um êxodo em massa de Londres, liderado pelo rei Carlos II!. A praga começou em Abril de 1665 e espalhou-se rapidamente durante os meses quentes de verão, com pulgas de roedores infectados com a peste, que foram uma das principais causas de transmissão e, quando a praga acabou, cerca de 100.000 pessoas, incluindo 15% da população de Londres, tinham morrido!.

(…or the Great Plague of London, around the years 1665-1666, also known as the Black Plague in Great Britain, which caused a mass exodus from London, led by King Charles II!. The plague began in April 1665 and spread rapidly during the hot summer months, with plague-infected rodent fleas, which were a major cause of transmission, and when the plague ended, about 100,000 people, including 15 % of the population of London, had died)!.

…ou a Grande Peste de Marselha, por volta dos anos de 1720-1723, que começou quando um navio chamado Grand-Saint-Antoine atracou em Marselha, França, transportando uma carga de mercadorias do Mediterrâneo oriental!. Embora o navio estivesse em quarentena, a peste ainda entrou na cidade, provavelmente através de pulgas em roedores infectados com a peste, que se espalhou rapidamente e, nos três anos seguintes, até 100.000 pessoas deviam ter morrido em Marselha e arredores, que equivalia a cerca de 30% da sua população!.

(…or the Great Plague of Marseille, around the years 1720-1723, which started when a ship called Grand-Saint-Antoine docked in Marseille, France, carrying a cargo of goods from the eastern Mediterranean!. Although the ship was in quarantine, the plague still entered the city, probably through fleas in rodents infected with the plague, which spread rapidly and, in the next three years, up to 100,000 people must have died in and around Marseille, which amounted to about 30% of its population)!.

…ou a Peste Russa, por volta dos anos de 1770-1772, em Moscovo, que ficou devastada pela peste, onde o terror dos cidadãos em quarentena explodiu com violência!. Os tumultos espalharam-se pela cidade, culminando no assassinato do arcebispo Ambrósio, que encorajava as multidões a não se reunirem para o culto!. Quando a praga acabou, acreditam que aé 100.000 pessoas podem ter morrido!.

(…or the Russian Plague, around the years 1770-1772, in Moscow, which was devastated by the plague, where the terror of the quarantined citizens exploded with violence!. The riots spread throughout the city, culminating in the assassination of Archbishop Ambrose, who encouraged the crowds not to gather for worship!. When the plague ended, they believe that over 100,000 people may have died)!.

…ou a Epidemia de Febre Amarela na Filadélfia, por volta do ano de 1793, que atingiu a cidade de Filadélfia, a capital dos Estados Unidos na época, quando as autoridades acreditaram erroneamente que os escravos estavam imunes!. Como resultado, os abolicionistas exigiram que pessoas de origem africana fossem recrutadas para cuidar dos doentes!. Acredita-se que a doença foi transmitida por mosquitos, que experimentaram um boom populacional durante o clima particularmente quente e húmido do verão daquele ano e, até o inverno chegar, quando os mosquitos morreram, a epidemia finalmente parou, quando mais de 5.000 pessoas já tinham morrido!.

(…or the Yellow Fever Epidemic in Philadelphia, around 1793, that hit the city of Philadelphia, the capital of the United States at the time, when the authorities mistakenly believed that slaves were immune!. As a result, abolitionists demanded that people of African origin be recruited to care for the sick!. The disease is believed to have been transmitted by mosquitoes, which experienced a population boom during the particularly hot and humid climate of the summer of that year and, until winter comes, when the mosquitoes have died, the epidemic has finally stopped, when more than 5,000 people they had already died)!.

…ou a Pandemia da Gripe, por volta dos anos de 1889-1890, já na era industrial moderna, com as novas conexões de transporte a tornaram mais fácil para os vírus da gripe causarem estragos!. Em apenas alguns meses, a doença espalhou-se pelo globo, matando 1 milhão de pessoas!. Demorou apenas cinco semanas para a epidemia atingir o pico de mortalidade e, quando os primeiros casos foram relatados na Rússia, o vírus espalhou-se rapidamente por São Petersburgo, antes de se espalhar rapidamente pela Europa e pelo resto do mundo, apesar do fato de que as viagens aéreas ainda não existiam!.

(…or the Flu Pandemic, around the years 1889-1890, already in the modern industrial era, with the new transport connections made it easier for influenza viruses to wreak havoc!. In just a few months, the disease spread across the globe, killing 1 million people! It took just five weeks for the epidemic to peak in mortality, and when the first cases were reported in Russia, the virus spread quickly through St. Petersburg, before spreading rapidly across Europe and the rest of the world, despite the fact that that air travel did not yet exist)!.

…ou a Epidemia de Pólio Americana, por volta do ano de 1916, que começou na cidade de Nova York causando 27.000 casos e 6.000 mortes nos Estados Unidos!. A doença afetava principalmente crianças e às vezes deixava os sobreviventes com deficiências permanentes!. Os esforços de vacinação em todo o mundo reduziram muito esta doença, embora ela ainda não tenha sido completamente erradicada!.

(…or the American Polio Epidemic, around 1916, which started in New York City causing 27,000 cases and 6,000 deaths in the United States!. The disease mainly affected children and sometimes left survivors with permanent disabilities!. Vaccination efforts around the world have greatly reduced this disease, although it has not yet been completely eradicated)!.

…ou a Gripe Espanhola, por volta dos anos de 1918-1920, onde se estima-se que 500 milhões de pessoas dos mares do sul ao Pólo Norte, foram vítimas da gripe espanhola!. Um quinto destes morreu, com algumas comunidades indígenas à beira da extinção!. A propagação e a letalidade desta gripe foram aumentadas pelas condições restritas dos soldados e pela má nutrição durante a guerra, que muitas pessoas viveram durante a Primeira Guerra Mundial!.

(…or the Spanish Flu, around the years 1918-1920, where an estimated 500 million people from the southern seas to the North Pole, were victims of the Spanish flu!. A fifth of these died, with some indigenous communities on the verge of extinction!. The spread and lethality of this flu was increased by the restricted conditions of the soldiers and the poor nutrition during the war, which many people experienced during the First World War)!.

(…apesar do nome de gripe espanhola, a doença provavelmente não cmeçou na Espanha. A Espanha, tal como Portugal, foram nações neutras durante a guerra e não imposeram uma censura muito estrita à sua imprensa, que poderiam, portanto, publicar livremente os primeiros relatos da doença!. Como resultado, as pessoas acreditaram erroneamente que a doença era específica da Espanha e, o nome de gripe espanhola pegou!.

(…despite the name of Spanish flu, the disease probably did not start in Spain!. Spain, like Portugal, were neutral nations during the war and did not impose very strict censorship on their press, which could therefore freely publish the first reports of the disease!. As a result, people mistakenly believed that the disease was specific to Spain and the name of Spanish flu caught on)!.

..ou a Gripe Asiática, por volta dos anos de 1957-1958, que foi sem qualquer dúvida, outra demonstração global de influenza, com raízes na China!. Esta doença ceifou mais de 1 milhão de vidas, acreditando-se que o vírus que causou a pandemia, foi uma mistura de vírus da gripe aviária!. A doença se espalhou rapidamente, sendo relatada em Cingapura em Fevereiro de 1957, Hong Kong em Abril de 1957 e nas cidades costeiras dos Estados Unidos no verão de 1957 e, o número total de mortes foi superior a 1,1 milhões em todo o mundo!.

(…or the Asian Flu, around the years 1957-1958, which was without a doubt, another global demonstration of influenza, with roots in China!. This disease claimed more than 1 million lives, believing that the virus that caused the pandemic was a mixture of avian flu viruses!. The disease spread rapidly, being reported in Singapore in February 1957, Hong Kong in April 1957 and in coastal cities in the United States in the summer of 1957, and the total number of deaths was over 1.1 million worldwide)!.

…ou a Pandemia e Epidemia de AIDS, descoberta por volta do ano de 1981, continuando até os dias de hoje, custando cerca de 35 milhões de vidas desde que foi identificada pela primeira vez!. Este vírus, que causa a AIDS, provavelmente desenvolveu-se a partir de um vírus de chimpanzé que foi transferido para humanos na África Ocidental na década de 1920!.

(…or the Pandemic and AIDS Epidemic, discovered around 1981, continuing to this day, costing about 35 million lives since it was first identified!. This virus, which causes AIDS, probably developed from a chimpanzee virus that was transferred to humans in West Africa in the 1920s)!.

…este vírus espalhou-se pelo mundo, e a AIDS era uma pandemia no final do século 20!. Agora, cerca de 64% dos cerca de 40 milhões de pessoas com o vírus da imunodeficiência humana vivem na África subsaariana!. Por décadas, esta doença não tinha cura conhecida, mas medicamentos desenvolvidos na década de 1990, permitem que as pessoas com a doença tenham uma vida normal com tratamento regular!.

(…this virus spread across the world, and AIDS was a pandemic in the late 20th century!. Now, about 64% of the approximately 40 million people with the human immunodeficiency virus live in sub-Saharan Africa!. For decades, this disease had no known cure, but drugs developed in the 1990s, allow people with the disease to have a normal life with regular treatment)!.

…ou a Pandemia de Gripe Suína, por volta dos anos de 2009-2010 que se originou no México, na primavera de 2009, antes de se espalhar para o resto do mundo!. Em um ano, o vírus infectou 1,4 bilhão de pessoas em todo o mundo e matou entre 151.700 e 575.400 pessoas!. Felizmente, já existe uma vacina para a gripe suína, agora está incluída na vacina anual contra a gripe!.

(…or the Swine Flu Pandemic, around the years 2009-2010 that originated in Mexico in the spring of 2009, before spreading to the rest of the world!. In one year, the virus infected 1.4 billion people worldwide and killed between 151,700 and 575,400 people!. Fortunately, there is already a vaccine for swine flu, now it is included in the annual flu vaccine)!.

…ou a Epidemia de Ebola na África Ocidental, por volta dos anos de 2014-2016, que devastou a África Ocidental, com 28.600 casos relatados e 11.325 mortes!. O primeiro caso a ser notificado foi na Guiné em Dezembro de 2013, então a doença espalhou-se rapidamente para a Libéria e Serra Leoa, onde a maior parte dos casos e mortes ocorreu nesses três países!. Um número menor de casos ocorreu na Nigéria, Mali, Senegal, Estados Unidos e Europa e, infelizmente, ainda não há cura para o Ebola, embora os esforços para encontrar uma vacina estejam em andamento!.

(…or the Ebola Epidemic in West Africa, around the years 2014-2016, which devastated West Africa, with 28,600 reported cases and 11,325 deaths!. The first case to be reported was in Guinea in December 2013, so the disease spread rapidly to Liberia and Sierra Leone, where most cases and deaths occurred in these three countries! Fewer cases have occurred in Nigeria, Mali, Senegal, the United States and Europe and, unfortunately, there is still no cure for Ebola, although efforts to find a vaccine are underway)!.

…ou a Epidemia de Zika Vírus, descoberta em 2015, até os dias atuais!. O impacto da recente epidemia de Zika na América do Sul e na América Central não será conhecido por vários anos!. Nesse ínterim, os cientistas enfrentam uma corrida contra o tempo para controlar este vírus, que geralmente é transmitido por mosquitos do gênero Aedes, embora também possa ser transmitido sexualmente em humanos, embora não seja prejudicial para adultos ou crianças, ele pode atacar bebês que ainda estão no útero e causar defeitos de nascença!.

(…or the Zika Virus Epidemic, discovered in 2015, until today!. The impact of the recent Zika epidemic in South America and Central America will not be known for several years! Meanwhile, scientists face a race against time to control this virus, which is usually transmitted by mosquitoes of the genus Aedes, although it can also be sexually transmitted in humans, although it is not harmful to adults or children, it can attack babies who are still are in the womb and cause birth defects)!.

…e finalmente, voltamos ao Coronavírus19, que muitos acreditam que não começou realmente naquele “mercado molhado de Wuhan”, na China, porque os primeiros relatórios culpavam esse mercado onde animais vivos eram ali vendidos, mas as evidências agora mostram que essa hipótese talvez não seja verdadeira!.

(…and finally, we return to Coronavirus19, which many believe did not really start in that “wet market in Wuhan”, in China, because the first reports blamed this market where live animals were sold there, but the evidence now shows that this hypothesis it may not be true)!.

…porquê?. Porque em vez disso, este mercado de animais vivos pode ter sido o local de um evento de superespalhamento, onde uma pessoa espalhou o vírus para muitas outras, todavia o vírus já existia, o que até é uma teoria plausível, porque para que um vírus passe de animais para humanos, o hospedeiro animal precisa entrar em contacto com humanos num qualquer lugar!.

(…why?. Because instead, this live animal market may have been the site of an over-spreading event, where one person spread the virus to many others, yet the virus already existed, which is even a plausible theory, because for which a virus from animals to humans, the animal host needs to come into contact with humans anywhere)!.

…sendo assim, e tal como a comunicação social mostrou, a China imediatamente montou um hospital no local para tentar parar a sua propagação, e claro, provávelmente já sabia que o vírus existia, e aí sim, se sabia, talvez houvesse um grande erro de culpa da China, porque sabendo tudo isto, devia avisar o mundo da medicina imediatamente antes, ao ter conhecimento deste novo vírus, para que se trabalhasse na descoberta de uma vacina!.

(…so, and as the media showed, China immediately set up a hospital on the spot to try to stop its spread, and of course, probably already knew that the virus existed, and then yes, if it did, there might be a big mistake of guilt in China, because knowing all this, I should warn the medical world immediately before, when I became aware of this new virus, to work on the discovery of a vaccine)!.

…continuando, os vírus, normalmente costumam saltar de um animal para outro antes de invadir a população humana!. No entanto, já se tem conhecimento de que este vírus está mais intimamente relacionado aos coronavírus isolados de morcegos-ferradura na China e, a partir daí, os cientistas suspeitam que o vírus pode ter pulado para outro animal e depois pulado para os humanos!.

(…continuing, viruses usually jump from one animal to another before invading the human population!. However, it is now known that this virus is more closely related to coronaviruses isolated from horseshoe bats in China and, from there, scientists suspect that the virus may have jumped onto another animal and then jumped on to humans)!.

…resumindo, este é um vírus de origem animal que deu o salto, talvez dos morcegos para os humanos, talvez através de outro animal, talvez através de uma qualquer manada de gado ou bando de aves, no entanto, tudo o que acima explicámos, é o que vamos sabendo, pois ainda continua por se descobrir a verdadeira origem, porque não existem os dados suficientes para saber de onde veio, ou como!.

(…in short, this is a virus of animal origin that took the leap, perhaps from bats to humans, perhaps through another animal, perhaps through any herd of cattle or flock of birds, however, all of the above we explained, this is what we are knowing, as the true origin remains to be discovered, because there is not enough data to know where it came from, or how)!.

…e, continuamos a sofrer confinamentos e mortes, muito atentos, mas também muito frágeis, tentando equilibrar e salvar o nosso mundo natural, esperando que os laboratórios descubram a famigerada vacina, para bem da natureza, sobretudo da vida humana, onde as grandes estruturas políticas, os governos e principalmente as grandes empresas exploradoras dos recursos naturais, as tais que atacam a natureza, entraram em pânico!.

(…and, we continue to suffer confinements and deaths, very attentive, but also very fragile, trying to balance and save our natural world, hoping that the laboratories will discover the infamous vaccine, for the good of nature, especially human life, where great political structures, governments and especially the big companies that exploit natural resources, the ones that attack nature, panicked)!.

..porquê?. Porque presentemente vivemos numa sociedade em plena desagregação, quase violenta, psicologicamente afectada e sem muitas perspectivas de existir um qualquer futuro!. Em outras palavras, isto parece-nos um inferno, principalmente para os que vão restando, pois o pulmão do planeta Terra parece que está a arder!.

(…why?. Because at present we live in a society in full disintegration, almost violent, psychologically affected and without many prospects for any future!. In other words, this seems like hell, especially for those who are left, because the lungs of planet Earth seem to be on fire)!.

Tony Borie, Século XXI. (Tony Borie, 21st Century).

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s