…segunda vacina Coronavírus19!. (…second Coronavírus19 vaccine)!.

…esperando a segunda vacina do maldito “Coronavírus19”!.

(…waiting for the second vaccine of the damn “Coronavirus19”)!.

…quase confinados, assumimos impreterivelmente que a liberdade é um valor precioso mas, aquela que é responsável, porque a outra, talvez se transforme numa porta de entrada para uma certa libertação que em algumas situações nos pode levar a tempos trágicos, ou seja, vivermos todos numa ilha quase à deriva!. 

(…almost confined, we must assume that freedom is a precious value, but that which is responsible, because the other, perhaps becomes a gateway to a certain liberation that in some situations can lead us to tragic times, that is, to live everyone on an island almost adrift)!.

…longe de nós que isso aconteça mas, na verdade a desumanização da sociedade em que vivemos é uma realidade e, cremos mesmo que por vezes é necessário o nosso pensamento retornar à infância, ao seio da família, daquela Europa do nosso tempo de criança, quase medieval, situada na encosta agreste da montanha do Caramulo!. Pelo menos para nós, é um porto de abrigo, é um refúgio, é o local onde deixamos de ser escravos, pelo menos do pensamento!.

(…far from us that it happens, but in fact the dehumanization of the society in which we live is a reality and, we even believe that sometimes it is necessary for our thinking to return to childhood, within the family, from that Europe of our childhood, almost medieval, located on the rugged slope of the Caramulo mountain !. At least for us, it is a haven, it is a refuge, it is the place where we stop being slaves, at least of thought)!.

…porquê?. No nosso caso, de pessoas que tentam cumprir as regras impostas pelas autoridades médicas e científicas, que nos recomendam, ficar em casa, usar máscara, não se expor, tratando os vizinhos e amigos como se fossem estranhos, ou seja, fugir deles e não lhes falando ou cumprimentando!. Assim, o nosso tempo é dispendido quase todo em frente à televisão ou pelo menos ela, a televisão, está quase sempre ligada!.

(…because?. In our case, people who try to comply with the rules imposed by the medical and scientific authorities, who recommend us, stay at home, wear a mask, do not expose themselves, treating neighbors and friends as if they were strangers, that is, running away from them and not speaking or greeting them !. Thus, our time is spent almost entirely in front of the television or at least it, the television, is almost always on)!.

…e o que é que acontesse?. É desmoralizante, é uma linguagem automática, é tosco, não existe arte, é a vulgaridade à procura da emoção, é a submissão a alguém que talvez lhes paga e, se não houver mortos e algum terrorismo pelo caminho, ou seja, cenas repugnantes com assassinatos familiares, mulheres e crianças raptadas, avalanches e, se for um combóio que descarrilou causando algumas mortes, então é uma notícia em directo!. Depois, depois vêm os intervalos, alguns com anúncios não muito recomendáveis, aconselhando ao consumismo desenfreado e ao materialismo!. 

(…and what happened?. It is demoralizing, it is an automatic language, it is crude, there is no art, it is vulgarity in search of emotion, it is submission to someone who may pay them and, if there are no dead people and some terrorism along the way, that is, disgusting scenes with family murders, abducted women and children, avalanches and, if it is a train that has derailed causing some deaths, then it is live news !. Then, there are the breaks, some with not very recommendable ads, advising rampant consumerism and materialism)!.

…e, se vão transmitir qualquer notícia que trata um assunto importante e de relevo, é interrompido por um político que fala com frases repetidas e estudadas ou um qualquer presidente de qualquer coisa, treinador ou atleta milionário que chega ao aeroporto no seu jacto privado, gaguejando um palavriado numa linguagem quase a rondar o reles, que ele e o seu clube são os melhores dos melhores e, vão à frente e querem ganhar tudo, seja de que maneira for!.

(…and, if they are going to transmit any news that deals with an important and important subject, he is interrupted by a politician who speaks with repeated and studied phrases or any president of anything, coach or millionaire athlete who arrives at the airport in his private jet, stuttering a word in a language almost hovering around the paltry, that he and his club are the best of the best and, they go ahead and want to win everything, in any way)!.

…enfim, tudo isto sai repetido uma, duas, três, quatro, cinco ou mais vezes ao dia, são notícias excitantes sem qualquer conteúdo de excitação,  envolvendo comentários entre palradores e jornalistas aprendizes, que discutem, parecendo até “milagreiros” ou vendedores da “banha da cobra”, dizendo que têm ali a solução na “palma da mão”, para os mais difíceis problemas que envolvem a sociedade!. Todo este cenário se passa, enterrompendo-se uns aos outros, tal como se estivessem a falar no meio de uma guerra civil!. 

(…in short, all of this is repeated one, two, three, four, five or more times a day, it is exciting news without any content of excitement, involving comments between talkers and apprentice journalists, who argue, looking like “miracles” or salespeople from “Lard of the snake”, saying that they have the solution there in the “palm of the hand”, for the most difficult problems that involve society !. This whole scenario takes place, burying each other, as if they were talking in the middle of a civil war)!.

…resultado?. Mudamos de canal, procurando alguma paz, vendo um qualquer filme antigo a preto e branco, onde no final, normalmente, “o bem vence o mal” e, quase sempre os protagonistas principais se beijam, num beijo muito romântico, só para a fotografia, claro!.

(…result?. We changed the channel, looking for some peace, watching any old black and white film, where in the end, usually, “good overcomes evil” and, almost always, the main protagonists kiss, in a very romantic kiss, just for photography, clear)!.

…é nestes momentos que sentimos tantas saudades da nossa gente, da nossa aldeia quase mediaval do século passado, naquela encosta agreste da montanha do Caramulo, onde a natureza era tão simples, onde se nascia sem trazer nada, morrendo sem levar nada e, no meio ninguém brigava por algo, porque sabiam que também não levavam nada!.

(…it is in these moments that we miss our people so much, of our almost mediaval village of the last century, on that rugged slope of the Caramulo mountain, where nature was so simple, where you were born without bringing anything, dying without taking anything and, in the no one fought about something, because they knew they didn’t take anything either)!.

…vamos à segunda vacina do maldito “Coronavírus19”!.

(…let’s go to the second vaccine for the damn “Coronavirus19”)!.

Tony Borie, Século XXI. (Tony Borie, 21st Century).

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s