…então é aqui que Deus colocou o Oeste!. (so this is where God put the West)!.

…seguindo pela estrada US-163, no Utah, umas milhas para sul, já se avistavam ao longe uma série de formações de arenito, altos, vermelhos e isolados, morros e falésias esculpidas ao longo de 250 milhões de anos que com o poder do tempo, da água, do vento e do gelo em ação, nos mostram uma paisagem desértica, ficando cercados de aventura ao entrar em território da Nação Navajo, atravessando o coração da área do Vale do Monumento e que tem sido destaque em inúmeros filmes!.

(…following US-163 road, in Utah, a few miles to the south, a series of high, red and isolated sandstone formations, hills and cliffs carved over 250 million years could already be seen in the distance, with the power of the (Time, water, wind and ice in action, show us a desert landscape, being surrounded by adventure when entering Navajo Nation territory, crossing the heart of the Monument Valley area and which has been featured in countless movies)!.

…equipas de cinema e fotógrafos professionais, acampam por aqui, esperando oportunidade da luz do sol, do luar da noite, da chuva miudinha ou torrencial, da neve, do vento batendo na ramagem dos arbustos que rodeiam a estrada, ou outra qualquer anomalia da natureza para fotografar ou filmar esta área!.

(…film crews and professional photographers camp here, waiting for the opportunity of sunlight, moonlight at night, light or torrential rain, snow, wind blowing through the branches of the bushes that surround the road, or any other anomaly of nature to photograph or film this area)!.

…muitos filmes, principalmente dirigidos pelo director John Ford foram filmados aqui, onde se destacam “My Darling Clementine” (1946), “Fort Apache” (1948) mesmo “She Wore a Yellow Ribbon” (1949) ou mais tarde, pelo ano de 1956 “The Searchers”, com Jeffrey Hunter, John Wayne e Harry Carey Jr., dirigindo actores além do já mencionado John Wayne, Will Rogers, Henry Fonda, Maureen O’Hara, Vera Miles, James Stewart ou Richard Widmark, que não só ajudou a Nação Navajo com o dinheiro necessário, mas também serviu para que o resto do mundo podesse admirar as impressionantes formações rochosas vermelhas, no meio deste deserto!. 

(…many films, mainly directed by director John Ford were filmed here, including “My Darling Clementine” (1946), “Fort Apache” (1948) even “She Wore a Yellow Ribbon” (1949) or later, in 1956 “The Searchers”, with Jeffrey Hunter, John Wayne and Harry Carey Jr., directing actors in addition to the aforementioned John Wayne, Will Rogers, Henry Fonda, Maureen O’Hara, Vera Miles, James Stewart or Richard Widmark, (which not only helped the Navajo Nation with the necessary money, but also served for the rest of the world to be able to admire the impressive red rock formations, in the middle of this desert)!.

…nós, entretanto chegados ao Vale do Monumento, entramos no Parque Tribal Navajo do Vale do Monumento, que na verdade é o oeste definitivo onde os espíritos ancestrais infundem paisagens rudes e disruptivas que parecem estranhas, porque o Parque Tribal Navajo do Vale do Monumento é conhecido pela Nação Navajo como “Tse’Bii’Ndzisgaii”, palavra difícil de pronunciar, tal como o nosso guia que, ao lhe perguntar-mos o nome, nos respondeu para simplesmente lhe chamar-mos Jemmy, que nos conduziu ao interior do Parque e nos foi explicando com alguns pormenores um cenário deslumbrante!.

(…we, however, arrived in Monument Valley, entered the Monument Valley Navajo Tribal Park, which is actually the definitive west where ancestral spirits infuse harsh and disruptive landscapes that seem strange, because Monument Valley Navajo Tribal Park is known by the Navajo Nation as “Tse’Bii’Ndzisgaii”, a difficult word to pronounce, as our guide who, when asked for his name, replied to simply call him Jemmy, who took us inside the Park. and he explained to us in some details a stunning scenery)!.

…é considerado um dos lugares mais fotografados do planeta, sendo palco de imponentes formações rochosas de arenito que foram esculpidas ao longo do tempo e sobem 400 a 1.000 pés acima do fundo do vale, combinado com as mesas circundantes, buttes e ambiente desértico, sendo verdadeiramente uma das maravilhas naturais do mundo!.

(…is considered one of the most photographed places on the planet, playing host to towering sandstone rock formations that have been carved over time and rise 400 to 1,000 feet above the valley floor, combined with the surrounding mesa, buttes and desert environment. , being truly one of the natural wonders of the world)!.

…a sua extensão cobre quase 92.000 acres pelo norte do Arizona e pelo sul de Utah, ficando dentro da reserva da Nação Navajo, que tal como acima já mencionámos, o mundo ficou a conhecer, talvez em parte devido ao diretor cinematográfico John Ford, que usou este local para vários dos seus filmes mais conhecidos, protagonizados pelo actor John Wayne, e assim, os seus 13 quilômetros quadrados definiram para o mundo, o que décadas de espectadores pensam, quando imaginam o oeste americano!.

(…its expanse covers nearly 92,000 acres across northern Arizona and southern Utah, falling within the Navajo Nation reservation, which as we’ve already mentioned, the world has come to know, perhaps in part due to film director John Ford (, who used this location for several of his best-known films, starring actor John Wayne, and thus, its 13 square kilometers defined for the world, what decades of spectators think, when they imagine the American West)!.

…seguimos numa condução cênica autoguiada levando-nos a ver de perto as famosas formações do parque, enquanto uma maior exploração nos era oferecida, descendo numa viajam pelo interior do Parque na companhia de um guia, descendente da Nação Navajo, cordial no trato, falava pouco, numa voz rouca e lenta, explicando os lugares por onde passávamos e, em alguns momentos tocava uma flauta, numa melodia que nos levava a meditar, assinalando diversas áreas onde os seus avós cultivaram milho, caçavam ou pastavam os seus rebanhos, prestando homenagem e respeito ao seu Deus!.

(…we continued on a self-guided scenic drive taking us to see the famous formations of the park up close, while further exploration was offered to us, descending on a journey through the interior of the Park in the company of a guide, a descendant of the Navajo Nation, cordial in the treatment, he spoke a little, in a hoarse and slow voice, explaining the places we passed and, at times, he played a flute, in a melody that led us to meditate, pointing out different areas where his grandparents grew corn, hunted or grazed their flocks, paying tribute and respect to your God)!.

…por milhões de anos, camadas e camadas de sedimentos se assentaram e cimentaram na sua bacia que se foi elevando tornando-se num planalto, onde as forças naturais da água e do vento lentamente removeram os materiais mais macios e expuseram o maravilhoso senário que se apresenta hojeo diante de nós!.

(…for millions of years, layers and layers of sediments have settled and cemented in its basin that has been rising to become a plateau, where the natural forces of water and wind slowly removed the softest materials and exposed the wonderful scenery. that presents itself before us today)!.

…os pináculos, morros e outras formações ainda lentamente se estão escavando, mas estarão por perto muito tempo depois de nós nos termos ido embora, no entanto hoje, ao admirar este símbolo icônico do oeste americano, ainda podemos viver num mundo maravilhoso, cheio de beleza, charme e aventura, onde não há fim para as aventuras que podemos ter, necessitando apenas de as procurar com os olhos abertos!.

(…the spiers, hills and other formations are still slowly excavating, but they will be around long after we are gone, however today, in admiring this iconic symbol of the American west, we can still live in a wonderful world, (full of beauty, charm and adventure, where there is no end to the adventures we can have, we just need to look for them with our eyes open)!.

…e nós, simples viajantes do mundo, tivémos o previlégio de ocupar um lugar no parque de campismo, mesmo junto ao parque, para poder retemperar forças, para que no dia seguinte possamos continuar com a nossa jornada, recebendo na face o vento do oeste!.

(…and we, simple world travelers, had the privilege of occupying a place at the campsite, right next to the park, to be able to regain strength, so that the next day we can continue with our journey, receiving the wind in our face from the west)!.

Tony Borie, Século XXI.  Tony Borie, Century XXI.

…a enseada de Matanzas!. (…the cove of Matanzas)!.

…somos oriundos da Europa, mais propriamente da Península Ibérica e cremos que descendentes do povo Celta, porque adoramos o mar, o contacto com a água revolta das ondas, afundando os pés na areia molhada, vendo as gaivotas sobrevoando e os pelicanos nadando ao sabor da maré!. Cremos também que para viver hoje nos tempos modernos, foi o motivo porque fomos forçados a adoptar formas de vida urbanas, porque de outra maneira, queríamos viver em pleno contacto com a natureza, se possível numa cabana junto ao mar!.

(…we come from Europe, more specifically from the Iberian Peninsula and we believe that we are descendants of the Celtic people, because we love the sea, the contact with the turbulent water of the waves, sinking our feet in the wet sand, seeing the seagulls flying over and the pelicans swimming at the whim of the tide!. We also believe that to live today in modern times, it was the reason why we were forced to adopt urban ways of life, because otherwise, we wanted to live in full contact with nature, if possible in a cabin by the sea)!.

…uff, que desabafo!. No entanto, quando o tempo o permite, fazemos o nosso passeio preferido que é o que chamamos o “Caminho da Água”, que afinal é um simples passeio na área da enseada de Matanzas que é limitada ao norte pelo “Monumento Nacional do Forte Matanzas”, que está situado numas terras públicas junto ao rio Matanzas e ao sul pela entrada no oceano, onde existe uma ponte!. É um bonito passeio, porque a área continua tal qual como há séculos, porque são terras históricas e federais onde não podem ser feitas qualquer obras de contenção das marés!. 

(…uff, what an outburst!. However, when the weather allows it, we do our favorite tour which is what we call the “Water Path”, which after all is a simple walk in the area of ​​the Matanzas cove which is limited to the north by the “National Monument of Forte Matanzas ”, which is located on public lands next to the Matanzas River and to the south by the entrance to the ocean, where there is a bridge!. It is a beautiful walk, because the area remains as it has been for centuries, because they are historic and federal lands where any tidal containment works must be done)!.

…fica situada no sul do condado de St. Johns, a cerca de 14 milhas ao sul de St. Augustine e três milhas ao norte de “Marineland”. É uma das poucas “entradas” restantes no nordeste da Flórida que não está  protegida por um cais, apresentando assim um estudo fácil de como uma enseada poderia ter sido no passado!. Devido a esta falta de proteção, a entrada está em constante estado de fluxo e como acima explicámos pode mudar consideravelmente num período de tempo relativamente curto!.

(…is situated in southern St. Johns County, about 14 miles south of St. Augustine and three miles north of “Marineland”!. It is one of the few remaining “inlets” in northeast Florida that is not protected by a pier, thus presenting an easy study of what a cove might have looked like in the past!. Due to this lack of protection, the input is in a constant state of flux and as explained above can change considerably in a relatively short period of time)!.

…a entrada no oceano, hoje é atravessada por uma ponte moderna na Estrada considerada cénica e também histórica A1A e que fica significativamente ao sul da outra entrada que existia no ano de 1740, quando os espanhóis começaram a construção do Forte de Matanzas na Ilha Cascável, para proteger a abordagem sul através do rio Matanzas até ao seu “Castillo de San Marcos” na hoje cidade de em Santo Agostinho!.

(…the entrance to the ocean, today is crossed by a modern bridge on the road considered scenic and also historic A1A and which is significantly south of the other entrance that existed in the year 1740, when the Spanish began the construction of the Matanzas Fort on Cascavel Island, to protect the southern approach through the Matanzas river to its “Castillo de San Marcos” in today’s city of St. Augustine)!.

…assim o cenário que observamos hoje é diferente daquele que vimos uns dias antes, porque a maré, às vezes revolta, leva e trás a areia, construindo ou devastando as dunas que por lá existem, fazendo deste local o paraíso para muitos e variados pássaros, como patos, pelicanos, garças ou aqueles a quem todos nós chamados de “gaivotas”, que gostam de se alimentar de peixes, no entanto, não sabemos qual a explicação para este fenómeno, pois podem beber água doce ou salgada e que às vezes também as vimos voar e pousar ao redor dos lagos, no nosso quintal, tal como brincar nas ondas e mergulhando no oceano!.

(…so the scenario we see today is different from the one we saw a few days before, because the tide, sometimes revolts, takes the sand back and forth, building or destroying the dunes that exist there, making this place a paradise for many and varied birds. , such as ducks, pelicans, herons or those we all call “seagulls”, who like to feed on fish, however, we do not know the explanation for this phenomenon, as they can drink fresh or salt water and that sometimes (We also saw them fly and land around the lakes, in our backyard, such as playing in the waves and diving in the ocean)!.

…ou os Ternes Reais, que são uma espécie de andorinhas-do-mar, que por ali fazem os seus ninhos e que estão a ser protegidos pelo governo federal e que durante a época de reprodução, essas aves geralmente tímidas envolvem-se em exibições dramáticas de distração para proteger os seus ninhos e filhotes ao nível do solo e por ali estão próximos!. 

(…or the Royal Ternes, which are a species of terns, which make their nests there and are being protected by the federal government and that during the breeding season, these generally shy birds engage in exhibitions (dramatic distractions to protect their nests and chicks at ground level and close by)!.

…ou os Pelicanos que são umas aves marinhas grandes e atarracadas, com  asas longas que se curvam ao planar, dando um aspecto um pouco cómico, talvez caprichosos e apresentam pescoços finos e bicos bastante longos com uma bolsa elástica na garganta que lhes permite capturar os peixes!. Geralmente voam baixo sobre as ondas, em fila indiana, batendo e planando e observando-os no seu comportamento alimentar é bastante agradável de assistir, porque uma vez que eles determinam que há peixes lá embaixo, mergulham de cabeça na água em busca da sua refeição!.

(…or the Pelicans, which are large and stocky seabirds, with long wings that curve when gliding, giving them a somewhat comical appearance, perhaps capricious, and have thin necks and rather long beaks with an elastic throat bag that allows them to catch the birds fish!. They usually fly low over the waves in single file, flapping and gliding and watching them in their eating behavior is quite enjoyable to watch because once they determine that there are fish down there, they dive headfirst into the water in search of their meal)!.

…e, principalmente quando a maré está baixa, aparecem na areia moluscos ou  crustáceos, que são a comida daquelas aves com pernas finas e bicos longo que a natureza contemplou com o instinto de sondar a comida na areia, lama, cascalho e água!. 

(…and, especially when the tide is low, mollusks or crustaceans appear in the sand, which are the food of those birds with thin legs and long beaks that nature contemplated with the instinct of probing for food in the sand, mud, gravel and water)!.

…enfim, a Flórida tem um litoral enorme e bonito e os pássaros por aqui gostam de se misturar tanto na praia como no ar e, caminhando pela areia desta bonita enseada, ao longe podemos observar o “Monumento Nacional do Forte Matanzas”, sendo-nos difícil imaginar o dia-a-dia que os nove soldados espanhóis, que eram um oficial e oito praças, enfrentaram naquela distante época, enquanto guarneciam este pequeno posto avançado de seis canhões no meio do nada, guardando a abordagem sul da hoje cidade de Santo Agostinho!.

(…in short, Florida has a huge and beautiful coastline and the birds here like to mix both on the beach and in the air and, walking along the sand of this beautiful cove, in the distance we can see the “Forte Matanzas National Monument”, being- It is difficult for us to imagine the day-to-day life that the nine Spanish soldiers, who were an officer and eight soldiers, faced in that distant time, as they manned this small six-gun outpost in the middle of nowhere, guarding the southern approach of today’s city of Saint Augustine)!.

Tony Borie, Século XXI. (Tony Borie, 21st Century).

…bom tempo!. (…good time)!.

…quando o explorador espanhol Juan Ponce de Leon, que liderou a primeira expedição europeia à Flórida por volta do ano de 1513, nomeando este estado em homenagem à celebração da Páscoa em Espanha, conhecida como “Pascua Florida” ou talvez a “Festa das Flores” e  encontrando as praias e florestas quase desertas, nunca lhe devia ter passado pelo seu pensamento que hoje, ano de 2022, aproximadamente 1.000 pessoas se mudam para a Flórida todos os dias!.

(…when the Spanish explorer Juan Ponce de Leon, who led the first European expedition to Florida around the year 1513, named this state after the celebration of Easter in Spain, known as “Easter Florida” or perhaps the “Feast of Flowers” and finding the beaches and forests almost deserted, it should never have crossed his mind that today, the year 2022, approximately 1,000 people move to Florida every day)!.

…Porquê?. Não foi certamente porque aqui não existem fósseis de dinossauros!. Foi porque a Flórida hoje é famosa pelas suas praias, parques temáticos e paisagens naturais!. Porque é conhecida pela sua beleza natural, como o parque natural dos Everglades e, porque hoje é chamado de “Estado do Sol” pelo seu sol abundante e clima subtropical geralmente mais quente, sendo uma combinação perfeita de clima quente, humidade, furacões, pântanos, e claro, a sua fauna nativa que inclui jacarés, cobras, panteras, linces, formigas-de-fogo, tatus e aranhas, que são tão grandes que poderiam funcionar como “aviões”!.

(…Why?. It was certainly not because there are no dinosaur fossils here!. It was because Florida is now famous for its beaches, theme parks and natural landscapes!. Because it is known for its natural beauty, as the Everglades Natural Park and, because today it is called the “Sun State” for its abundant sun and generally warmer subtropical climate, being a perfect combination of hot weather, humidity, hurricanes, swamps, and of course, its native fauna that includes alligators, snakes, panthers, lynxes, fire ants, armadillos and spiders, which are so large that they could function as “airplanes”)!.

…e também outras coisas que são monótonas para nós aqui na Flórida, mas consideradas bastante excitantes “lá fora” para o resto do mundo,  como por exemplo, ter o litoral mais longo dos EUA continentais, com cerca de 1.197 milhas terrestres, sendo 825 dessas milhas de praias acessíveis para desfrutar!.

(…and also other things that are monotonous to us here in Florida, but considered quite exciting “out there” to the rest of the world, such as having the longest coastline in the continental US, at about 1,197 land miles, 825 of which are of those miles of accessible beaches to enjoy)!.

…ser o único estado que faz fronteira com o Golfo do México e o Oceano Atlântico, onde se pode usufruir de mais de 200 dias ensolarados por ano, (no entanto este ano, ainda não sabemos porquê, tivémos mais de quatro semanas de frio gelado), mas normalmente oferece aos recém-chegados um clima excepcionalmente quente e ensolarado e aqueles que vivem na parte sul do estado, provavelmente nunca precisarão de mais do que um suéter durante o inverno!. 

(…being the only state that borders the Gulf of Mexico and the Atlantic Ocean, where you can enjoy more than 200 sunny days a year, (however this year, we still don’t know why, we had more than four weeks of freezing cold), but it typically offers newcomers exceptionally warm and sunny weather and those who live in the southern part of the state will likely never need more than a sweater during the winter)!.

…certamente que quando o explorador espanhol Juan Ponce de Leon, que liderou a primeira expedição europeia à Flórida, iniciando a construção de  fortalezas nos principais portos do Caribe, assegurando assim a importância estratégica do Canal das Bahamas e da posição de Havana como um porto chave para o encontro da Frota anual de galeões do tesouro, que navegando pelo estreito da Flórida, aproveitando a corrente do Golfo, seguiam carregados de ouro, prata e outros bens rumo à Europa, não pensou no tal clima subtropical e na beleza da natureza, onde existiam, canais e rios selvagens, tal como florestas e praias, mas sim nos seus bens materiais, como a história nos recorda!.

(…certainly when the Spanish explorer Juan Ponce de Leon, who led the first European expedition to Florida, began the construction of fortresses in the main ports of the Caribbean, thus assuring the strategic importance of the Bahamas Channel and the position of Havana as a key port for the meeting of the annual Fleet of Treasure Galleons, which sailing through the Florida Straits, taking advantage of the Gulf Stream, followed loaded with gold, silver and other goods towards Europe, did not think about that subtropical climate and the beauty of nature, where there were channels and wild rivers, such as forests and beaches, but in their material goods, as history reminds us)!.

Tony Borie, Século XXI. (Tony Borie, 21st Century).

…continua frio!. (…still cold)!.

…por aqui o sol não nos visita, continua frio gelado, quando na verdade devia de haver algum sol e uma temperatura mais quente!. Não sabemos se tudo isto é mormal mas na verdade, até nos desertos pode ficar frio e um dia de neve ou de frio gelado não representa uma mudança climática, mas aqui na Flórida continua frio já vai para quase quatro semanas!. Será que realmente se está a assistir a uma mudança climática?.

(…here the sun does not visit us, it is still freezing cold, when in fact there should be some sun and a warmer temperature!. We do not know if all this is normal but in fact, even in the deserts it can get cold and a day of snow or freezing cold does not represent a climate change, but here in Florida it is still cold for almost four weeks!. Are we really witnessing a climate change)?.

…se assim continuar vamos chamar os estúdios da Walt Disney na cidade de Orlando aqui na Flórida, para usarem esta área nas fimagens de qualquer filme de fantasia no gelo!. Até pode ser um qualquer “conto de fadas” com inspiração numa princesa e seus companheiros numa jornada para encontrar quem é que controla estas coisas como o gelo e o frio!.

(…if this continues, we will call Walt Disney studios in the city of Orlando here in Florida, to use this area in the filming of any fantasy film on ice!. It can even be any “fairy tale” inspired by a princess and her companions on a journey to find who controls these things like ice and cold)!.

…continuamos em casa a maior parte do tempo, indo la fora sómente para comprar qualquer coisa de necessidade, ou para caminhar um pouco, porque não nos atrevemos a ir ao oceano, porque parece-nos que se desencadeou uma era da “idade do gelo” convertendo a água do mar em gelo marinho total!.

(…we stay at home most of the time, going outside just to buy something we need, or to walk a little, because we don’t dare go to the ocean, because it seems to us that an “ice age” age has started converting sea water into total sea ice)!.

… e de acordo com o se ouve e vê no “six o’clock news” (noticiário das seis), toda a parte leste dos USA, tal como as Carolinas, Geórgia, até mesmo o Alabama estão com temperaturas muito baixas, mais baixas do que aqui na área onde vivemos e isto não nos parece normal e, oxalá que tudo isto não cause uma mudança na superfície do oceano de água para gelo,  podendo realmente causar um resfriamento dramático, porque vivemos numa zona semi-tropical que precisa de sol e tempo quente para que as florestas em nosso redor continuem a crescer!.

(…and according to what you hear and see on the “six o’clock news”, the entire eastern part of the USA, such as the Carolinas, Georgia, even Alabama are experiencing very low, lower temperatures, than here in the area where we live and this doesn’t seem normal to us and hopefully all this doesn’t cause a change in the ocean surface from water to ice, it could actually cause a dramatic cooling, because we live in a semi-tropical zone that needs sun and warm weather so that the forests around us continue to grow)!.

…lá fora, temos um cenário de erva e flores queimadas, que estavam desabrochando para começarem o período sazonal da primavera!. Sabemos que grande parte da região do Ártico está perdendo rapidamente o gelo marinho e, de acordo com um estudo recente, o Ártico pode ficar sem gelo por uma parte do ano até 2044!. As mudanças no Ártico têm implicações profundas para as actividades marítimas e circulações oceânicas!. Oxalá que tudo isto não seja já um reflexo do que irá acontecer no futuro!. 

(…outside, we have a scene of grass and burnt flowers, which were blooming to start the seasonal period of spring!. We know that much of the Arctic region is rapidly losing sea ice, and according to a recent study, the Arctic could be ice-free for part of the year by 2044!. Changes in the Arctic have profound implications for maritime activities and ocean circulations!. I hope that all this is not already a reflection of what will happen in the future)!.

…porque toda esta complexidade e as mudanças de clima no planeta  Terra são cientificamente interessantes, mas também têm implicações reais para a segurança da nossa infraestrutura costeira, tal como a área onde presentemente vivemos!. Esperamos e desejamos um tempo um pouco mais quente!.

(…because all this complexity and climate changes on planet Earth are scientifically interesting, but they also have real implications for the security of our coastal infrastructure, such as the area where we currently live!. We hope and wish for a little warmer weather)!.

Tony Borie, Século XXI. (Tony Borie, 21st Century).

…a guerra colonial Portuguesa e os “descobrimentos”!. (…the Portuguese colonial war and the “discoveries”)!.

…não sabemos quem fez esta composição de fotografia, exemplificando o passado antigo e mais recente do que foi o Portugal Colonial!. No entanto, sem qualquer dúvida que torna tudo mais simples, exemplificando, pelo menos às novas gerações, o que foi a “era dos descobrimentos”, e da sua intensa exploração marítima durante os séculos XV e XVI, onde os marinheiros portugueses estavam na vanguarda da exploração européia, registando em mapas as costas da África e outros continentes!.

(…we do not know who made this photographic composition, exemplifying the ancient and more recent past of what was Colonial Portugal)!. However, without any doubt, it makes everything simpler, exemplifying, at least to the new generations, what the “age of discoveries” was like, and its intense maritime exploration during the 15th and 16th centuries, where Portuguese sailors were at the forefront. (of European exploration, recording the coasts of Africa and other continents on maps)!.

…principalmente ao longo da costa da África Ocidental onde as expedições começaram por volta do ano de 1419 sob o patrocínio do Príncipe Henrique, o “Navegador”, com Bartolomeu Dias a chegar ao Cabo da Boa Esperança entrando no Oceano Índico, onde alguns anos depois Vasco da Gama já com mapas daquela rota liderou a primeira frota ao redor da África para a Índia, chegando a Calicute e iniciando uma rota marítima de Portugal para as Índias!. 

(…mainly along the coast of West Africa where expeditions began around the year 1419 under the patronage of Prince Henry the “Navigator”, with Bartolomeu Dias arriving at the Cape of Good Hope entering the Indian Ocean, where a few years later Vasco da Gama, already with maps of that route, led the first fleet around Africa to India, reaching Calicut and starting a sea route from Portugal to the Indies)!.

…no entanto alguns anos antes, já Afonso IV de Portugal tinha concedido financiamento público para levantar uma frota comercial adequada e ordenou as primeiras explorações marítimas, ocupando Ceuta, com o objectivo de controlar a navegação ao longo da costa africana!. Assim, o ainda jovem Príncipe Henrique, o “Navegador”, movido também pelo objetivo de expandir o cristianismo com a ajuda do Papa, tomou conhecimento das possibilidades de lucro naquelas rotas comerciais!.

(…however, a few years earlier, Afonso IV of Portugal had already granted public funding to raise an adequate commercial fleet and ordered the first maritime explorations, occupying Ceuta, with the aim of controlling navigation along the African coast!. Thus, the still young Prince Henry, the “Navigator”, also moved by the objective of expanding Christianity with the help of the Pope, became aware of the possibilities of profit in those trade routes)!.

…mas voltando ao ano de 1419, dois capitães do Príncipe Henrique, João Gonçalves Zarco e Tristão Vaz Teixeira foram levados por uma tempestade para a Madeira, uma ilha desabitada na costa da África!. Anos depois Diogo de Silves descobriu a ilha açoriana de Santa Maria e nos anos seguintes os marinheiros portugueses descobriram e colonizaram o resto dos Açores, iniciando o povoamento português nestas ilhas onde o trigo e depois a cana-de-açúcar foram cultivados, tornando-se actividades lucrativas!

(…but going back to the year 1419, two captains of Prince Henry, João Gonçalves Zarco and Tristão Vaz Teixeira were taken by a storm to Madeira, an uninhabited island off the coast of Africa)!. Years later Diogo de Silves discovered the Azorean island of Santa Maria and in the following years Portuguese sailors discovered and colonized the rest of the Azores, starting the Portuguese settlement in these islands where wheat and then sugar cane were cultivated, becoming profitable activities)!.

…tudo isto, tornou os portugueses daquela época muito orgulhosos pois foram capazes de navegar pelo menos quase mil milhas fora da costa portuguesa, e claro, depressa começaram as viajens pela costa da Mauritânia, reunindo um grupo de comerciantes e armadores interessados ​​nestas novas vias marítimas, começando o monopólio, neste caso com o patrocínio real de todos os lucros do comércio dentro daquelas áreas já descobertas!.

(…all this made the Portuguese of that time very proud as they were able to sail at least almost a thousand miles off the Portuguese coast, and of course, they soon began traveling along the coast of Mauritania, gathering a group of merchants and shipowners interested in these new developments. (sea routes, beginning the monopoly, in this case with the real sponsorship of all profits from trade within those areas already discovered)!.

…assim estavam lançadas as bases para o império português que, utilizando uma nova tecnologia marítima, alcançaram latitudes cada vez mais meridionais, depressa alcançando as ilhas de Cabo Verde!. Assim, deram início a uma cadeia de feitorias portuguesas ao longo da costa, principalmente para atrair comerciantes muçulmanos e monopolizar os negócios nas futuras rotas percorridas naquele norte da África!.

(…thus the foundations were laid for the Portuguese empire which, using a new maritime technology, reached increasingly southern latitudes, quickly reaching the islands of Cape Verde!. Thus, they started a chain of Portuguese trading posts along the coast, mainly to attract Muslim traders and monopolize business on future routes traveled in that North Africa)!.

…e, no ano de 1446, Álvaro Fernandes avançou quase até a actual Serra Leoa, e claro, o Golfo da Guiné estava alcançado!. Nessa época o rei Afonso V concedeu o monopólio da comércio de parte do Golfo da Guiné ao comerciante Fernão Gomes, por um pagamento anual de 200.000 reais, sendo também obrigado a explorar 100 léguas da costa a cada ano durante cinco anos!.

(…and, in the year 1446, Álvaro Fernandes advanced almost to present-day Sierra Leone, and of course, the Gulf of Guinea was reached)!. At that time, King Afonso V granted the monopoly of trade in part of the Gulf of Guinea to the merchant Fernão Gomes, for an annual payment of 200,000 reais, being also obliged to explore 100 leagues of the coast each year for five years)!.

…isto não foi para ele dificuldade, pois empregando os exploradores João de Santarém, Pedro Escobar, Lopo Gonçalves, Fernão do Pó e Pedro de Sintra, superou toda esta exigência, cruzando o Equador até o Hemisfério Sul, encontrando as ilhas do Golfo da Guiné, incluindo São Tomé e Príncipe, deixaram por lá uma série de padrões, cruzes de pedra com o brasão português a marcar estas suas reivindicações!.

(…this was not a difficulty for him, because employing the explorers João de Santarém, Pedro Escobar, Lopo Gonçalves, Fernão do Pó and Pedro de Sintra, he overcame all this requirement, crossing the Equator to the Southern Hemisphere, finding the islands of the Gulf of Guinea (including São Tomé and Príncipe, left a series of patterns there, stone crosses with the Portuguese coat of arms to mark these claims)!.

…e, à medida que os portugueses exploravam as costas de África,  construindo fortes e feitorias, onde a partir dessas bases, os portugueses se engajaram lucrativamente no comércio de mercadorias, escravos ou ouro, desfrutando de um monopólio virtual do comércio atlântico!.

(…and, as the Portuguese explored the coasts of Africa, building forts and trading posts, where from these bases, the Portuguese profitably engaged in the trade of goods, slaves or gold, enjoying a virtual monopoly of the Atlantic trade)!.

…tudo isto foi a causa de uns séculos mais tarde, surgirem movimentos nacionalistas armados nessas paragens lutando pela independência dos seus territórios que entretanto se tinham tornado em Colónias Africanas de Portugal, e claro, daí surgiu a maldita Guerra Colonial Portuguesa, onde permanecemos nas selvas, rios e pântanos da então Provincia Colonial da Guiné por um período de dois longos anos e onde mais de 10 mil militares portugueses perderam a vida nas três frentes de guerra em África, entre os anos 1961 e 1975!.

(…all this was the cause of a few centuries later, armed nationalist movements emerged in those parts fighting for the independence of their territories that had meanwhile become Portuguese African Colonies, and of course, from there came the cursed Portuguese Colonial War, where we remained in the jungles. (, rivers and swamps of the then Colonial Province of Guinea for a period of two long years and where more than 10,000 Portuguese soldiers lost their lives on the three war fronts in Africa, between 1961 and 1975)!.

…foi o preço do sofrimento, da angústia, do mêdo e da fúria em combate, do horror, do inferno que vivemos, a marca que nos acompanha para o resto das nossas vidas, que na verdade nos sentimos loucos por dentro e, como veteranos de guerra, temos que ser francos e dizer, que pagamos um preço muito elevado para servir o nosso país e, as vítimas emocionais das guerras equivocadas são na verdade as mais difíceis de suportar, são as tais feridas profundas que sofremos, que podem ser infligidas sem deixar um simples arranhão!. 

(…was the price of suffering, anguish, fear and fury in combat, of the horror, of the hell we live, the mark that accompanies us for the rest of our lives, that we actually feel crazy inside and, as war veterans, we have to be frank and say, that we pay a very high price to serve our country and, the emotional victims of the wrong wars are actually the most difficult to bear, it’s the deep wounds we suffer, which can be inflicted without leaving a single scratch)!.

…porque o tal pensamento não nos abandona, no entando, tentando sobreviver, às vezes em momentos sombrios e silenciosos, tentamos repudiá-lo, mandar para longe, a explosão de uma granada ou o som do bater das lâminas de um helicóptero em cenário de guerra, recolhendo o que resta do corpo de um combatente, embrulhado num camuflado sujo com o seu próprio sangue!. 

(…because that thought does not abandon us, however, trying to survive, sometimes in dark and silent moments, we try to repudiate it, send away, the explosion of a grenade or the sound of the blades of a helicopter in a scene of (War, collecting what remains of a combatant’s body, wrapped in a camouflage dirty with his own blood)!.

Tony Borie, Século XXI. (Tony Borie, 21st Century).

…está frio!. (…is cold!).

… nos últimos dias e onde presentemente vivemos, ao norte do estado da Flórida, após um período de dias secos e quentes, apareceu por aqui um frio seco e um pouco gelado!. Em alguns dias o vento sopra vindo do norte o que torna um pouco difícil andar lá fora, assim, permanecemos quase todo o tempo em casa e, sem saber como ocupar o tempo, fomos ao album de recordações, fazendo-nos lembrar algumas viajens pelo norte do Canadá, onde havia o mesmo frio, mas num cenário de montanhas tornava esse frio algo maravilhoso!.

(…in the last few days and where we currently live, in the north of the state of Florida, after a period of dry and hot days, a dry and a little icy cold appeared here)!. On some days the wind blows from the north which makes it a little difficult to walk outside, so we stay at home almost all the time and, not knowing how to occupy the time, we went to the album of memories, reminding us of some trips through the Northern Canada, where it was the same cold, but against a backdrop of mountains, this cold turned into something wonderful)!.

…e, viajando pelas províncias de Alberta, Columbia Britânica e Yukon, a caminho do Alaska, algumas montanhas recebiam muito mais neve do que em qualquer outro lugar, por vezes com ventos mais fortes, que eram comuns naquelas pradarias a leste do Ártico ou até nas áreas próximas de grandes lagos!.

(…and traveling through the provinces of Alberta, British Columbia and the Yukon on the way to Alaska, some mountains received much more snow than anywhere else, sometimes with stronger winds, which were common in those prairies east of the Arctic or even in areas close to large lakes)!.

…ouvindo a rádio na nossa “White Fox” (caravana), os avisos de tempestades eram constantes, que aqui e ali iam cobrindo toda a região, mas para nós o cenário compensava qualquer dificuldade que podesse surgir!. A neve no pico das montanhas, com o nascer do sol reluzindo no horizonte compensava qualquer dificuldade de seguir viajem durante a maior parte do dia!.

(…listening to the radio in our “White Fox” (caravan), the storm warnings were constant, which here and there were covering the entire region, but for us the scenario compensated for any difficulty that might arise)!. The snow on the peaks of the mountains, with the sunrise glistening on the horizon, compensated for any difficulty in continuing the journey for most of the day)!.

…porquê?. Porque entendíamos que tudo isto era normal e, apesar de já estar-mos no final do mês de Junho, grande parte das províncias canadenses permaneciam sob alertas de tempestade mas, não ouviamos qualquer alerta sobre ventos fortes, derrube de de árvores ou até inundações, assim podíamos continuar a nossa jornada!.

(…why?. Because we understood that all this was normal and, despite being at the end of June, most Canadian provinces were still under storm alerts, but we didn’t hear any warning about strong winds, felling of trees or even floods, so we could continue our journey)!.

…de vez em quando por nós passava outra caravana que saudava apitando, e fazendo gestos de que o cenário era maravilhoso, portanto tudo isto nos fazia confiantes, parando aqui e ali, porque o limpador de pára-brisas dificultava, não limpando o vidro da frente, podendo nós tirar uma foto mais perfeita, assim por vezes desviávamo-nos da estrada principal para melhor observar o cenário que para nós, era do “outro mundo”, não havendo palavras no dicionário que podessem descrever o maravilhos que era!.

(…from time to time, another caravan passed by us, whistling and gesturing that the scenery was wonderful, so all this made us confident, stopping here and there, because the windshield wipers made it difficult, not cleaning the window of the (Front, being able to take a more perfect picture, so sometimes we deviated from the main road to better observe the scenery that for us, was from the “other world”, with no words in the dictionary that could describe how wonderful it was)!.

…as montanhas vistas ao longe mostravam algumas saliências pintadas de branco com neve, no cume ou na crista ou mesmo ao longo dos lados de ravinas e, embora os topos das montanhas estivessem mais próximos do sol, eles também estava mais distantes do calor térmico do núcleo da Terra que mantinha o solo aquecido, assim, o topo da montanha podia ser muito mais frio do que o fundo, mantendo o maravilhoso cenário de neve por muito mais tempo, às vezes por anos!.

(…the mountains seen in the distance showed some white-painted bumps with snow, on the summit or crest or even along the sides of ravines, and although the mountain tops were closer to the sun, they were also further away from the thermal heat of the day. (Earth’s core that kept the ground warm, so the top of the mountain could be much colder than the bottom, keeping the wonderful snowy scenery much longer, sometimes for years)!.

…e até junto de pequenos riachos na base das montanhas, que até nos parecia uma selva tropical, na verdade o topo da montanha tinha neve que não derretia de uma só vez quando era aquecida pelo sol, assim, a neve podia mudar lentamente do estado sólido para o estado líquido vindo alimentar esses maravilhosos riachos!.

(…and even along the small streams at the base of the mountains, which even looked like a tropical jungle to us, in fact the top of the mountain had snow that did not melt all at once when it was heated by the sun, so the snow could slowly change its state solid to the liquid state coming to feed these wonderful streams)!.

…a Mãe Natureza é muito inteligente, porque causando este fenômeno meteorológico com milhões de minúsculos cristais de gelo que se iam formando no topo das montanhas e quando já estava perto do solo geravam a  água que começava a fluir em direção ao ponto mais profundo, por vezes até abaixo da superfície, logo abaixo das raízes da vegetação!. 

(…Mother Nature is very smart, because causing this meteorological phenomenon with millions of tiny ice crystals that were forming on the top of the mountains and when it was already close to the ground, they generated the water that began to flow towards the deepest point, for sometimes even below the surface, just below the roots of vegetation)!.

…no entanto por aqui onde presentemente vivemos, após um período de dias secos e quentes, espera-se um retorno ao clima mais frio e instável neste estado da Flórida, onde as temperaturas continuam a cair abaixo do normal e possívelmente hoje à noite, temos que cobrir as plantas para que não morram de frio!.

(…however around here where we currently live, after a period of dry and hot days, a return to the colder and more unstable climate is expected in this state of Florida, where temperatures continue to drop below normal and possibly tonight, we have to cover the plants so that they do not die of cold)!.

Tony Borie, Século XXI. (Tony Borie, 21st Century).

…éramos combatentes da “farda amarela”!. (we were fighters of the “yellow uniform”)!.

…somos um veterano de guerra!. Passámos dois longos anos nas selvas, savanas, rios e pântanos, lama e tarrafo do interior da então província colonial da Guiné Portuguesa, denominada o “Vietname de Portugal”, lutando contra um inimigo bem treinado, bem liderado e equipado, que sempre recebeu apoio substancial de portos seguros em países vizinhos como o Senegal e a Guiné-Conacri, cuja proximidade, foram excelentes para fornecer superioridade táctica aos ataques transfronteiriços e reabastecer as missões dos guerrilheiros, que lutavam pela independência do seu território!.

(…we are a war veteran!. We spent two long years in the jungles, savannas, rivers and swamps, mud and swamps of the interior of the then colonial province of Portuguese Guinea, called the “Vietnam of Portugal”, fighting a well-trained, well-led and equipped enemy, which always received (Substantial support from safe ports in neighboring countries such as Senegal and Guinea-Conakry, whose proximity was excellent in providing tactical superiority to cross-border attacks and replenishing the missions of the guerrillas, who were fighting for the independence of their territory)!.

…neste maldito conflito, dada a nossa especialidade, éramos um soldado desarmado!. No entanto, fizémos coisas, passando por momentos horríveis de desespero, angústia e medo quando de ataques e emboscadas ao local por onde estávamos ou passávamos, deixando por lá companheiros enterrados, por não os poder resgatar, em cenários de combate que hoje ainda nos assombram pelo menos durante noite, não nos deixando dormir!. 

(…in this damned conflict, given our specialty, we were anunarmed soldier!. However, we did things, going through horrible moments of despair, anguish and fear when attacks and ambushes at the place where we were or were passing, leaving buried companions there, because we couldn’t rescue them, in combat scenarios that still haunt us today. at least during the night, not letting us sleep)!.

…Porquê?. Porque muitas vezes, as tropas Portuguesas encontravam-se na pior posição, para avançar e identificar com precisão a sua localização no terreno, onde ou existia, tal como acima já mencionámos,  selva cerrada, pântanos ou canais, com água, lama e tarrafo e frequentemente, quando atravessavam os rios ou canais, havia os “macaréus”, (grande vaga impetuosa que, em certos rios, se forma quando as águas desse mesmo rio se encontram com as água do mar), algumas vezes até animais perigosos, como por exemplo crocodilos, onde em algumas situações o inimigo, tirando alguma vantagem, surgia de todos os lados, atacando, disparando, sem dar qualquer oportunidade para que se recuperasse os nossos mortos ou feridos!.

(…Why?. Because many times, the Portuguese troops were in the worst position, to advance and accurately identify their location on the ground, where or existed, as we have already mentioned, dense jungle, swamps or canals, with water, mud and caster and Often, when crossing rivers or canals, there were “macaréus”, (a large impetuous wave that, in certain rivers, forms when the waters of the same river meet the water of the sea), sometimes even dangerous animals, such as (e.g. crocodiles, where in some situations the enemy, taking some advantage, appeared from all sides, attacking, shooting, without giving any opportunity to recover our dead or wounded)!.

…e, além de mal alimentados, sem quase assistência médica (só em alguns aquartelamentos e muito precária), com equipamento militar absoleto, nós, os primeiros a entrar neste maldito conflito usávamos um  uniforme “amarelo”!. Assim, além de outras, o nosso moral era triste, “onde podíamos morrer de amarelo”, dentro de uma vestimenta padronizada e regulamentada, diziam “eles”, que contribuía para a elevação e auto-estima, potencializada pela manifestação de força, com que nos educaram num breve treino específico de recruta, convencidos de que éramos a força de combate mais letal do mundo!.

(…and, in addition to being poorly fed, with almost no medical care (only in some barracks and very precarious), with obsolete military equipment, we, the first to enter this damn conflict, wore a “yellow” uniform)!. Thus, in addition to others, our moral was sad, “where we could die in yellow”, within a standardized and regulated dress, they said, which contributed to the elevation and self-esteem, potentiated by the manifestation of strength, with (who educated us in brief specific recruit training, convinced that we were the most lethal combat force in the world)!.

…onde, além de ir para África lutar e matar o inimigo em combate, íamos transmitir a tal manifestação de força mas, talvez sem os responsáveis pelo governo colonial de então em Portugal saberem, que a nossa educação de família era potencializada por um ideal de igualdade, com que fomos quase todos nós, independentemente de origem ou condição,  educados no nosso lar, em nossas casas, transmitidos pela nossa família!. 

(…where, in addition to going to Africa to fight and kill the enemy in combat, we were going to transmit this manifestation of force but, perhaps without those responsible for the colonial government in Portugal at the time knowing, that our family education was enhanced by an ideal of (equality, with which almost all of us were, regardless of origin or condition, educated in our home, in our homes, transmitted by our family)!.

…não sabemos qual foi o “designer” de moda popular, que projectou a “farda amarela”, demasiado quente para climas tropicais, que na altura era usada por militares de alguns países, principalmente os envolvidos em conflitos, mas francamente, combater em África, uma região quente e húmida entre outras anomalias climatéricas, naquela “ganga amarela”, onde a princípio, antes de ser lavada, uma, duas, três, talvez só à quarta vez, largava aquela “goma” que parecia “cola” e, quando isso acontecia, pouco mais durava, começando por o tecido se dissolver, principalmente na zona onde a transpiração mais se fazia notar!.

(…we don’t know who the popular fashion “designer” was, who designed the “yellow uniform”, too hot for tropical climates, which at the time was used by the military of some countries, mainly those involved in conflicts, but frankly, fighting in Africa , a hot and humid region among other climatic anomalies, in that “yellow denim”, where at first, before being washed, one, two, three, maybe only the fourth time, it dropped that “gum” that looked like “glue” and, (When that happened, it lasted a little longer, starting with the fabric dissolving, especially in the area where perspiration was most noticeable)!.

…tudo isto se passou quando ainda éramos quase crianças, (pois no regime que então se vivia, só éramos adultos aos 21 anos de idade), onde estivémos longe da família, noutro continente, sacrificando a nossa liberdade, contribuindo para que as novas gerações podessem hoje viver em liberdade!. E fizémos tudo isto porquê?. Porque mesmo sabendo que “éramos quase uns soldados sem um país”, fizémos um juramento e, viveremos por este juramento até ao dia da nossa morte, porque somos e seremos sempre um veterano de guerra!.

(…all of this happened when we were still almost children, (because in the regime we were living then, we were only adults at 21 years of age), where we were away from our family, on another continent, sacrificing our freedom, contributing to the new generations could live in freedom today!. And why did we do all this?. Because even knowing that “we were almost soldiers without a country”, we took an oath and we will live by this oath until the day of our death, because we are and will always be a war veteran)!.

Tony Borie, Século XXI. (Tony Borie, 21st Century).

…sul da fronteira!. (…south of the border)!.

…na costa leste dos USA, quem viaja a partir do sul pela auto-estrada I-95, no final do estado da Carolina do Sul e logo no início do estado da Carolina do Norte, existe uma atracção que dá pelo nome de “South of the Border”, (Sul da Fronteira)!. Está localizada no condado de Dillon, Carolina do Sul, ao sul de Rowland, Carolina do Norte!. 

(…on the east coast of the USA, who travels from the south on the highway I-95, at the end of the state of South Carolina and at the beginning of the state of North Carolina, there is an attraction that goes by the name of “South of the Border”!. It is located in Dillon County, South Carolina, south of Rowland, North Carolina)!.

…foi e ainda é popular porque é quase o meio do caminho para a Flórida a partir de Nova Iorque e, nos primeiros dias das viagens de carro, era uma paragem quase obrigatória porque existem por lá áreas de descanso, estações de serviço, restaurantes, hotéis, parque de diversões, supermercados e outros tipos de comércio próprio para quem viaja!.

(…was and still is popular because it is almost halfway to Florida from New York and, in the early days of car travel, it was an almost mandatory stop because there are rest areas, gas stations, restaurants, etc. hotels, amusement parks, supermarkets and other types of commerce suitable for those who travel)!.

…num pequeno folheto de propaganda pode ler-se que tudo começou por volta do ano de 1914, quando alguém comprou algumas terras ao sul da fronteira, construindo uma pequena casa, pintando-a de cor rosa!. No entanto, por volta do ano de 1949, durante a lei seca, como estava situada a sul do estado de Norte Carolina, já dentro da Carolina do Sul, começou a vender cachorros-quentes e hambúrgueres junto com a cerveja e ganhava mais dinheiro com comida e turistas do que com os moradores locais!.

(…In a small propaganda leaflet it can be read that it all started around the year 1914, when someone bought some land south of the border, building a small house, painting it pink)!. However, around 1949, during Prohibition, as it was located in the south of the state of North Carolina, already within South Carolina, it began to sell hot dogs and hamburgers along with beer and made more money with food and tourists than with locals)!.

…claro, como cerveja e alguns outros licores eram proibidos a norte, onde existia a “lei seca”, todos passavam a fronteira, indo a sul comprar cerveja e outros licores e, em pouco tempo tornou-se num lugar famoso!. 

(…of course, as beer and some other liqueurs were prohibited in the north, where there was a “dry law”, everyone crossed the border, going south to buy beer and other liqueurs and, in a short time, it became a famous place)!.

…o negócio foi constantemente expandindo com bugigangas mexicanas e vários outros objectos importados do México e alguns anos depois, as vendas de fogos de artifício, potencialmente capitalizados pelo facto de fogos de artifício serem ilegais no estado da Carolina do Norte, tal como o anúncio de que a auto-estrada I-95 passaria bem ao sul da fronteira, tornaram este lugar num local de progresso constante!.

(…the business was constantly expanding with Mexican trinkets and various other objects imported from Mexico and a few years later, fireworks sales, potentially capitalized on the fact that fireworks were illegal in the state of North Carolina, such as the advertisement of (That the I-95 highway would pass well south of the border, made this place a place of constant progress)!.

…a figura “Pedro”, uma representação exagerada e caricatural de um “bandido mexicano”, para adicionar ao elemento exótico e tema da atracção, usa um sombrero, um poncho e um bigode grande, que alguns consideram o maior letreiro de neon a leste do Mississippi, no entanto, também alguns consideram como culturalmente ofensivo ou politicamente incorreto!.

(…the “Pedro” figure, an exaggerated and cartoonish representation of a “Mexican bandit”, to add to the exotic element and theme of the attraction, wears a sombrero, a poncho and a large mustache, which some consider the biggest neon sign in the east. of Mississippi, however, some also consider it culturally offensive or politically incorrect)!.

…mas voltando ao nome original de “South of the Border”, representando o seu mascote que é o “Pedro”, a caricatura intencionalmente exagerada  de um “bandido mexicano”, como acima já mencionámos, chega ao nosso conhecimento, sabendo que o sul da fronteira está se aproximando, pelos seus quase 200 anúncios em outdoors à beira da estrada, que começam a muitas milhas de distância e incorporam uma contagem regressiva até à própria atracção!.

(…but returning to the original name of “South of the Border”, representing its mascot that is “Pedro”, the intentionally exaggerated caricature of a “Mexican bandit”, as we have already mentioned, comes to our attention, knowing that the south (The border is approaching, for its nearly 200 roadside billboard advertisements, which start many miles away and incorporate a countdown to the attraction itself)!.

…depois, à medida que outras áreas hoteleiras mais modernas cresceram ao longo desta frequentemente usada auto-estrada I-95, vieram tempos mais difíceis, no entanto, este local a ser uma área temática num estilo um pouco “falso-mexicano”, tentou sempre criar algumas novas atracções como por exemplo, criando instalações de treinamento de motocross, hospedando campeonatos regionais de motocross, eliminatórias nacionais e tendo sua própria equipe em eventos regionais!.

(…then, as other more modern hotel areas grew along this oft-used I-95 freeway, harder times came, however, this location being a themed area in a slightly “fake-Mexican” style, tried to (Always creating some new attractions such as creating motocross training facilities, hosting regional motocross championships, national qualifiers and having your own team at regional events)!.

…e nós, podendo ser acusados ​​de ver este local através de óculos de “cor de pôr-do-sol mexicano”, há muitos anos que por aqui passamos, sempre admirando este local, e hoje, ainda vimos por lá sinais piscando… em tons rosa, verde e azul em todas as superfícies, numerosas estátuas de animais como golfinhos, cavalos, cães, gorilas e dinossauros, um bonito restaurante em forma de um “sombrero”, várias lojas de souvenirs e uma torre de observação com 200 pés (61 m)  de altura com um deck de observação, claro, também em forma de um “sombrero”!. Pensando mesmo, ”onde mais há um lugar como este”?.

(…and we, who could be accused of seeing this place through “Mexican sunset color” glasses, have been here for many years, always admiring this place, and today, we still see flashing signs there. … in shades of pink, green and blue on all surfaces, numerous statues of animals such as dolphins, horses, dogs, gorillas and dinosaurs, a beautiful restaurant in the shape of a “sombrero”, several souvenir shops and an observation tower (200 feet (61 m) high with an observation deck, of course, also shaped like a “sombrero”)!. Even thinking, ”where else is there a place like this”)?.

Tony Borie, Século XXI. (Tony Borie, 21st Century).

…a nossa dedicada esposa Isaura fotografou!. (…our dedicated wife Isaura photographed it)!.

…a praia de Matanzas, é património federal, assim é o que é!. Não podem ser feitas obras de protecção, porque entre outras razões, espécies de aves raras por lá fazem os seus ninhos!. Em épocas de tempestade, o mar entra nas dunas levando a areia, em épocas de bonança, trás toda a areia que levou ou ainda mais!. Como tal, por aqui continua tudo ainda selvagem e é como queremos que seja, e claro, é também um dos motivos que adoramos caminhar por aqui!.

(…Matanzas beach is federal heritage, that’s what it is!. Protection works cannot be carried out, because among other reasons, rare bird species there make their nests!. In times of storm, the sea enters the dunes taking the sand, in times of calm, it brings all the sand it took or even more!. As such, everything is still wild around here and that’s how we want it to be, and of course, it’s also one of the reasons we love walking around here)!.

…e, amantes da natureza como somos, sempre gostámos de caminhar na praia!. O mar é realmente lindo!. Olhando para o horizonte e encontrar pequenas ondas pulsando na linha entre o mar e o céu, ou mesmo a sensação da areia entre os dedos dos pés que se afundam a cada passo que vamos dando e às vezes, até usando uns calções não muito apropriados sobre um corpo decadente, mergulhamos nas ondas com abandono, apesar dos olhares penalizados dos outros!. No entanto, que nos há-de importar, eles também vão envelhecer!.

(…and, nature lovers as we are, we’ve always enjoyed walking on the beach!. The sea is really beautiful!. Looking at the horizon and finding small waves pulsing on the line between the sea and the sky, or even the feeling of sand between your toes that sink with every step you take and sometimes even wearing some not very appropriate shorts over a decaying body, we plunged into the waves with abandon, despite the pitying eyes of others!. However, that will matter to us, they will also get old)!.

…a beleza do oceano, a sensação do sal, que vai secando sobre a pele, mesmo sabendo que a sua água é poderosa e que as suas ondas podem ser lindas, mas o oceano não está pensando em nós, assim quando entramos na água, apesar de saber-mos nadar razoávelmnte, sempre tomamos algumas precauções que nos ensinaram quando crianças, porque nascemos perto do mar, embora noutro continente!.

(…the beauty of the ocean, the sensation of the salt, which dries on the skin, even though its water is powerful and its waves can be beautiful, but the ocean is not thinking about us, so when we enter the water, although we know how to swim reasonably, we always take some precautions that we were taught as children, because we were born close to the sea, although on another continent)!.

…as gaivotas uivantes voam acima, pescando nas águas salgadas, enquanto algum barco vindo do norte tenta deixar a enseada rumo ao sul e, com um ritmo calmo, a maré baixa borbulha na enseada carregada de conchas e restos de árvores, algumas vindas não sabemos de onde!

(…the howling seagulls soar above, fishing in the salt water, while a boat from the north tries to leave the cove heading south, and with a leisurely pace, the low tide bubbles up in the cove laden with shells and tree remains, some of the comings we don’t know where)!.

…as pequenas ondas batem sem parar e os também pequenos maçaricos marrons, alimentam-se das algas, deixando centenas de pegadas finas na areia úmida, que só podem ser apagadas pela água da maré!.

(…the small waves are crashing without stopping and the small brown curlews also feed on the algae, leaving hundreds of fine footprints in the wet sand, which can only be erased by tidal water)!.

…aqui ainda se pode apreciar a natureza quase pura!. Porquê? Porque ao longo da praia quase deserta, o sol aparece sobre as ondas e, os seus raios finos brilham sobre as ondulações cintilantes do oceano, mostrando-nos um belo contraste entre o azul da água e a brancura da areia!. 

(…here you can still appreciate the almost pure nature!. Why? Because along the almost deserted beach, the sun appears over the waves and its fine rays shine on the sparkling waves of the ocean, showing us a beautiful contrast between the blue of the water and the whiteness of the sand)!.

…e, nesta época do ano, às vezes chegamos cedo, ainda a tempo de ver o nascer do sol sobre o oceano que é realmente uma das mais belas maravilhas da natureza e, depois uma brisa fresca sopra suavemente, o que contribui para a serenidade de uma caminhada matinal ao longo desta maravilhosa praia!. 

(…and, at this time of year, we sometimes arrive early, just in time to see the sun rise over the ocean which is truly one of nature’s most beautiful wonders, and then a cool breeze gently blows, which contributes to the serenity of a morning walk along this wonderful beach)!.

…e ouvir novamente o barulho das gaivotas, ver as pegadas na areia úmida, sentir a brisa fresca no rosto, ouvir o ritmo das ondas batendo na praia carregada de conchas, ali mesmo, junto daquele reflexo do sol acima no espuma da maré!. Tudo parece tão normal!. O stresse se vai!.

(…and hear again the noise of the seagulls, see the footprints on the wet sand, feel the cool breeze on your face, hear the rhythm of the waves hitting the beach laden with shells, right there, with that reflection of the sun above in the foam of the tide!. Everything looks so normal!. The stress is gone)!.

Tony Borie, Século XXI. (Tony Borie, 21st Century).

…as luzes em Santo Agostinho!. (…the lights in St. Augustine)!.

…fomos ver o festival de Noites de Luzes de 2021-22, que transforma a cidade de Santo Agostinho numa exibição deslumbrante!. São mais de 3 milhões de luzes adornando todos os cantos do distrito histórico!. É absolutamente deslumbrante, dando-nos a sensação de um filme mágico, e de uma maneira fabulosa se sentir aquele momento bom, principalmente  depois de um ano incrivelmente difícil!. 

(…we went to see the festival of Nights of Lights 2021-22, which transforms the city of Santo Agostinho into a stunning exhibition!. There are more than 3 million lights adorning every corner of the historic district!. It’s absolutely stunning, giving us the feel of a magical movie, and a fabulous way to feel that good moment, especially after an incredibly difficult year)!.

…foi lindo!. Muitas lojas, galerias de arte, a maré no canal estava cheia, havia luzes na histórica Ponte dos Leões, os barcos balouçavam na água, tudo num cenário diferente e quase mágico!.

(…it was beautiful!. Lots of shops, art galleries, the tide on the canal was high, there were lights on the historic Ponte dos Leões, the boats swayed in the water, all in a different and almost magical setting)!.

…desde o telhado à entrada das portas, os prédios do centro histórico da cidade brilhavam de luz e alegria onde os turistas deambulavam pelas ruas e vielas de tijolos, procurando um lugar onde podessem descobrir um local melhor para fotografar ou contemplar um cenário diferente!.

(…from the roof to the entrance of the doors, the buildings of the city’s historic center glowed with light and joy as tourists wandered through the brick streets and alleys, looking for a place where they could discover a better place to photograph or contemplate a different scene)!.

…a árvore de Natal estáva localizada no centro da praça da cidade, onde podemos começar caminhando, a desfrutar as luzes mágicas e brilhantes em outras árvores, numa das cidades mais antigas da América, e claro, aprendendo sobre a história da Flórida!.

(…the Christmas tree was located in the center of the town square, where we can start walking, enjoying the magical and glowing lights on other trees, in one of the oldest cities in America, and of course, learning about the history of Florida)!.

…a vista da baía da Ponte dos Leões é a nossa favorita e talvez de muitos outros, assim, tornava-se num local favorito e uma oportunidade garantida para se obter uma boa foto, e claro, estas luzes deslumbrantes refletem a história de mais de 450 anos desta histórica cidade, iluminando uma bela paisagem urbana que, por certo vai ficar para memórias futuras!.

(…the view of the bay from Ponte dos Leões is our favorite and perhaps many others, so it became a favorite spot and a guaranteed opportunity to get a good photo, and of course these dazzling lights reflect the history of more than 450 years of this historic city, illuminating a beautiful urban landscape that will surely stay with future memories)!.

…lendo um folheto no centro de turismo, explicam-nos que a história das Noites de Luzes em Santo Agostinho remonta às suas origens, que começou numa prática tradicional espanhola de exibir uma vela branca nas janelas durante as festas de Natal!. Velas na janela aludem ao fato de que Maria e José não encontraram pousada que lhes desse abrigo!. 

(…reading a leaflet at the tourism center, they explain to us that the history of the Nights of Lights in St. Augustine dates back to its origins, which began in the traditional Spanish practice of displaying a white candle in the windows during the Christmas festivities!. Candles in the window allude to the fact that Mary and Joseph did not find an inn that would give them shelter)!.

…e, quando os espanhóis colocaram velas em suas janelas, eles estavam simbolicamente abrindo o espaço das suas casas e os seus corações para Jesus, refletindo também uma atitude acolhedora, mostrando que os hóspedes são bem-vindos a sua casa!. 

(…and when the Spaniards put candles in their windows, they were symbolically opening the space of their homes and their hearts to Jesus, also reflecting a welcoming attitude, showing that guests are welcome in their home)!.

…nós, por vezes sentimos alguma dificuldade em circular, porque, havia uma quantidade alarmante de tráfego de veículos dos visitantes, dos troleys, ou dos carros típicos puxados por cavalos, sempre cheios com turistas que misturados com os pedestres e muitos dos quais sendo crianças, tornava tudo numa “azáfama”, onde por vezes não era fácil transitar por aquelas calçadas cheias de uma atmosfera mágica da Cidade mais antiga da Nação!.

(…we sometimes felt some difficulty getting around, because there was an alarming amount of traffic from visitors’ vehicles, trolleys, or typical horse-drawn cars, always filled with tourists who mixed with pedestrians and many of whom were children , made everything a “hustle”, where sometimes it was not easy to walk along those sidewalks full of the magical atmosphere of the oldest city in the Nation)!.

…e, nesta avançada idade todos os centavos contam, apesar pagarmos $2.50 à hora pelo estacionamento, o resto…, foi gratuito!. No entanto com todo este movimento, é claramente um gerador de dinheiro para a cidade, e claro, talvez podessem usar um pouco para ajudar os sem-abrigo que vimos por lá deitados em algumas das ruas e vielas mais movimentadas!. 

(…and, in this old age, every cent counts, even though we pay $2.50 an hour for parking, the rest…, it was free!. However with all this movement, it’s clearly a cash generator for the city, and of course, maybe they could use a little bit to help the homeless we’ve seen lying around in some of the busiest streets and alleys)!.

…tenham todos um bom Ano Novo, livre da pandemia e com saúde e prosperidade!

(…all have a happy New Year, free from the pandemic and with health and prosperity)!.

Tony Borie, Século XXI. (Tony Borie, 21st Century).